A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


domingo, junho 07, 2009

 

A todos os Autistas !... (Um beijo, Bruno! e, deixa-me amar-te!)


Vejam o video abaixo, é lindo, lindo!...

Corpos e mentes de Autistas !...

Corpos e mentes Autistas
Rostos de seres
Que já vêm cansados de outras vidas
Onde o amor soçobrou
Corpos e mentes desvanecidas
Na desventura que lhes ficou !…

Corpos e mentes
Talvez um pouco distorcidas
Da realidade
Mas são como muitos de nós
Seres que têm em si, latente
A bondade !…

Corpos e mentes de Anjos
E da semente que lhes ficou
Corpos e mentes em sofrimento
Dos caminhos menos bons
Que outrora, noutras vidas
Se palmilhou !…

Corpos e mentes
Desprovidas de risos
Desprovidas do sentir
Mas com sentido
Igual ao de muitos
Que nem todos entendem !...

Corpos e mentes
Magoados
Adulterados pelo que lhes fazem
Pelas dores que lhes causam
Aqueles que se julgam perfeitos
Quem nem sabem com eles, viver !...

Nem sabem, nem querem saber
Como é o seu viver
Como é o dia de cada um
Nem sabem, nem querem saber
Como é o seu sofrer !...
E como é difícil, o seu viver !...

Poema escrito para o nosso Bruno, do qual não sei mais nada, mas, que, espero se resolva tudo pelo melhor e, que, haja paz naquele lar, tão magoados, tão desiludidos com a decisão dos Homens que pensam ter o destino das gentes, nas suas mãos!... Porque parecem nem se importar com a MÃO DaquELE que tudo Pode!... Hoje pode pervalecer a sua vontade (do homem) mas, amanhã não! ... (pedi ajuda ao namorado da Neide, para colocar o video. São todos actores, só o menino não é actor, é um Autista!...) e o filme é do ano de 1972... Céus, como chorei a ouvi-lo, pus bem alto, sem me ralar em incomodar, porque me soava tão, mas tão bem!... Reparem nas únicas vezes que sorriu... Amo-te Bruno, amo-te porque sei que a vida não está fácil para vós, e, o meu amor vai para aqueles que mais sofrem!...

video





Comments:
Laurinha:
Lindo o teu poema. Por momentos tive esperança que tivesses alguma noticia dele ou da Lisa. Penso muito neles, sempre com carinho e medo do que se está a passar.
Se falares com a Lisa, dá-lhe um beijinho meu.
Beijinho para ti, minha flor de linho.



 
Laura este fado é muito bom de ouvir.
O Bruno bem pode ouvi-lo eternamente porque tem um forte significado
Um beijinho para a Lisa e para o seu filho
Bjs Laura
jrom



 
Querida Maria, vou pedir à Neide que lhe ligue, se aind anãoe stiver a nanar. de qualquer forma, rezo imenso por eles, é o minimo que psoso fazer, especialmente quando ando na sminhas passeatas pela cidade, entro na Igreja onde gosto de ir, em frente à fonte da cidade, a fonte principal, a igrejinha é escondida, tem quiosques de lado, cafés, e, sento-me ali umc adinho e, é por eles que peço, é por eles que peço quando vou na rua, onde for, porque Deus ouve-nos em todo o lado, e se for ao Sameiro à noite, fico de frente para a estátua do santo padre, e, falo, peço, suplico, imploro, sei que ELE ouve e vai até eles e faz com que as forças do BEM, desfaçam as maldades todas, se tiver de ser isso...
Ai Maria, Maria, nós não podemos dizer que imaginamos o que pra lá vai... Porque é duro de saber, de sentir e sem apoios maiores...Mas, ELE não dorme, acredito que nem sequer descansa...

Maria, venho do blogue do Kim, farta d eme rir com a situação imaginada por mim, em relação a ti e à verdinha, jesus, bem, o XL, (alvitrou) na presidência para a lçaura, e, como já o leio há bastante tempo, meti-me com ele...ehhh o que me ri e expliquei o que queria que fosse o mundo...a começar plo amor!...
Nãos eis e já leste, ams as couves d ebruxelas, noc aso da verdinha, aconselhava que fossem congeladas... e tu com os pasteis de belém, não batias em ninguém, enfim...já me sinto melhor, é a tal coisa, reza-se, e, deixa-se a alma flutuar pelos espaços azuis, e quando damos por nós, a vida vai avançando, mesmo que os sonhos me pareçam impossiveis...
Amo-te Maria, flor dos alcatruzes...sei que os alcatruzes, são tudo menos flores, mas, soa bem... do rio, e imagina que nem sabia o que eram os alcatruzes...o que se aprende por aqui..dorme bem que já te vou aconchegar os lençóis...beijinho ternurento d eboa noite. laura.



 
Olá jrom; Claro que foi em honra do Bruno, espero que ainda esteja com a mãe, porque com o que queriam fazer ao rapaz...estes homens que detêm centros de Poder, são o piorio no que respeita a sentimentos e não olham ao papel de mãe, filho, e do problema do rapaz! O Bruno também toca guitarra, violino, bateria e sei lá que mais, ele é bem dotado para a música, por isso a minha alegria quando o Gilinho me enviou este video, adorei, enviei para ti e Kim, penso que gostaram, era dos anos 72, e os actores ainda por cá estão, já cotas como nós, ehhhhh, e o moço é mesmo Autista, mas que bem e que bem me soa a musica dos dois, jesus, até agradeci por poder ouvir e sentir na coluna do pc.

Sabes que o Kim vem cá almoçar quinta feira? Imagina a minha alegria, poder rever o casal...uau, vamos para a Junta onde está o meu amigo Dr Firmino, de tarde vou lá ter,na quarta, pois tenho tudo para ir organizando , e a nina parisiense se der, ela vem, assim; imagina moço, a gente na maior a recordar tempos de antanho.maravilhoso.
Um beijinho e tudo de bom. laura.



 
E quando se distribui o amor que se tem para dar, a mais não se é obrigado.
É comovente, eu sei.
Um beijo ao Bruno e á Lisa!



 
Olá Laura;

Desculpa andar "arredado" mas só agora terminei os relatórios sobre o trabalho em Portugal...

Mas este teu post com um poema lindíssimo e comovente assustou-me porque também não sei nada da Lisa e do Bruno...

Vou-te mandar um scaner de um documento importante que me chegou ontem do PR e depois entrega-lo à Lisa... Tinha recebido um do PM ainda eu estava em Portugal mas não era muito concreto. Este acho-o mais positivo. Como já é tarde, envio-o de manhã para os teus dois mails...

bjs
Osvaldo



 
Olha só Bruninho!Já espreitaste?
Pois é.Todo este amor é dedicadinho inteiramente para ti.Nada de choradinhos, vamos deixar as lágrimas para a pita chorona dessa GRANDE LAURINHA.A ti,quero ver-te sorrir.Não uma vez,nem duas,mas,sempre...sempre...

Ela chora sabes porquê? "Amandou" pela goela abaixo uma garrafa de Lácrima e agora olha, o pingol subiu...subiu... e sai em forma de lágrima.E por onde?Pelos olhos claro!Imagina se descia...descia...tinha-mos uma Laurinha toda mijadinha!...

Bruninho, tu és um menino como eu(salvo seja!),eu sou uma gaja velha,mas pronto,esquece lá a idade, imagina que ambos somos pequeninos e, sobretudo...IGUAIS!!
Qual diferença qual carapuça!A diferença só existe na cabeça dos HOMENS DE MÁ VONTADE e esses...Tóing...Tóing...cá a gente, os putos, encarregamo-nos de lhes pôr a mona a funcionar.Basta substituír o cimento por(palavra esquisita)neurónios,e, acrescentar uma pitada de amor e...voilá!Conseguimos HOMENS.HOMENS que olhem o Mundo com consciência, com a clareza suficiente para que todos possam sorrir...E tu,tu vais sorrir, vais VENCER embalado no "colinho" da tua (nossa)Lisa.


Miúda Laurinha,não há palavras!Lamento...
BEEEEEEEELO....
P A R A B É N S

Beijinhos que só podem ser...Doces!



 
Laura

Poema bonito, desabafo de uma alma que sofre e se comove com os males humanos, que os há como as lutas pessoais dos pacientes se tornem menos solitários.
Beijinhos,
Daniel



 
Bom diazinho ó Kim... O amor em mim é infinito, acho que é a melhor das minhas capacidades...AMAR! principelmente aqueles, cujas vidas são dolorosas, ah, como quereria ser Deus nesses momentos, e, arrasar com tudo o que fosse maldade, acredita que desapareceria do Mundo, mas, ELE sabe, sabe os porquês das nossas dores, e as dores dos outros...
Nada mais sei da nossa Lisa, já lhe disse que mostrasse ao Bruno, mas, nem sei se ainda estará com a mãe, senão, valha-nos Deus nestas horas de angústia. Um beijinho e té daqui a dias...laura.



 
Soledadinha, ai não que não vês o Bruno rir, sorrir, pelo menos enquanto não deixarem de os massacrar com as merdices que inventam, para lhes atazanar a vida, ai não que não vês, Soledade!...

E sim, pelo que amãe diz, ele é um amor, é um nino bondoso, se soubesses como ele luta para salvar todos os animais que possa... já viu, como eu, que o coraçãozinho deles é melhor que o das pessoas, de muitas pessoas...

Ai, pita chorona, eu agora só me rio, lembrei-me que dá mais resultado, rir, e chorar envelhece, torna a pele enrugada e só nos faz mais velhas...

Calma aí que o Kim vai ser testemunha da medida do Lácrima...calma, ele vai provar, e o manel vai ficar a olhar, mas, uma garrafa aberta tráz-se da casa de uma amiga e , é isso que vai acontecer, ah, passe de mágica e vai surgir uma garrafita na mesa, que pode ir até ao fim...depende da sede...
Minha querida soledade, confesso que adoraria poder estar contigo e falar dos nossos desaires da vida, e das alegrias também, porque aqueles que se amam têm de estar sempre tão separados? Porque o amor dói tanto, e só recebemos migalhas? Porque é tão fácil fazer-nos rir, e de graça, quando muitas mulheres levam balúrdios para fazer rir alguém? Ah, vida matreira..
Ontem à noite fui com a Sãozita ao Braga Parque, há muito que não ia, combinamos ir ao cinema, até posso escolher o filme, vou ver o que há, quero algo com musica e tremendamente romântico... Bom, andamos por ali, ela foi comprar uma maquina de fotos e, pareciamos duas miudas encantadas com a vida...mas quem ler dentro de mim, ah, laurinha laurinha, puxa lá um sorrisinho, vá lá...e, segundo ela; laurinha, tu tens um brilhozinho no olhar que eu nunca te vi!...hum...deve ser do amor, brinquei eu... ia deixá-la em casa, mas, tive de subir, e lá estivemos na treta, até mais tarde a falar das nossas vidas...

Ah, o Bruno, se ele ler o post, decerto estará junto d amãe, mas com as confusões que lhes arranjam, já nem sei de nada. Sempre a desejar o melhor para eles, e sempre a pedir ao Pai que não os desampare!...
Um beijinho Soledade e pede também, ELE nem semrpe faz ouvidos de mercador, ELE é o AMOR!...



 
Osvaldinho! já tinha pensado nisso, a vida não é só cantorias e blogue, tem de se ganhar o pão, claro. Nunca te desculpes, aqui não há supervisão e nem tens d epica ro ponto, deu, deu...não deu, amanhã será, e, quando gostamos passamos pelos sitios que queremos. Um beijinhoe um abraço, da NINA, feliz porque te lembraste dela..laura..



 
Daniel, antes de abrir o blogue já me tinha perguntado; o daniel não tem aparecido, ah, a falta é minha decerto..tenho andado desnorteada, desassossegada, enfim, nem sei se esta palavra existe...mas, ai vou eu de seguida, ler-te..Beijihos.



 
Quem tem uma amiga como tu, vive decerto mais feliz..Também tenho procurado no blog da Lisa , mas não tem aparecido e entendo o desespero dela..Sózinha não posso fazer nada, sou uma gota de água no Oceano, mas se juntarmos forças e vozes, quem sabe poderemos fazer algo para minorar o sofrimento de mãe e filho..Já vi que o Osvaldo também está a tentar e presumo que a conseguir algo de bom..Para ele também o meu obrigada e um beijinho..O poema é magnifico e claro, nada de florestas encantadas ou desencantadas..



 
Bichinho de conta, o Osvaldo escreveu acho que ao governo ou assim, e estamos todos empenhados, mas, nem todos temos possibilidades nem conhecimentos, mas, na medida do possivel,estamos com ela..beijinhos.Deus é AMOR, amor é amizade, amizade é ternura, e tudo junto, transporta-nos para a aventura de ajudar da melhor forma que soubermos...Beijinho d emim.



 
Sei do que falas, Laurinha ou eu não trabalhasse numa instituição que os apoia....

Força a Lisa e ao Bruno.

Beijokitas



 
Tão sabes como é, mais ou menos, né parisiense!...Só que eu já conheço a Lisa, e sei como a vi, a olhei, o que senti quando vi a impotência nos seus olhos tão doces e tristes... Meu deus, como é crueldade e porque todos fazem de conta!...
Enfim. beijinhos.



 
Que fabuloso video! Temos que dar as mãos e o coração para nos compreendermos uns aos outros. Beijos.



 
Paula, nem sabes como endoidei quando o ouvi, e vi, e implorei ao meu genrinho que me ajudasse a colocá-lo, e, foi num instante, mas, ainda não aprendi..soa tão bem, e tem ternura. quando ele se ri, mas, no fim, volta a cara, é assim, tem de ser e temos de aceitar e compreender..beijinhos.



 
Laurinha... tens um coração de dourado e prateado que reluz com uma intensidade tal que ofusca qualquer ser que tenha um propósito menos bom.

Os autistas, essas lindas crianças que vivem no seu próprio mundo, são, para mim, seres ultra especiais e muito "avançados".

Irá, certamente, correr tudo bem com o Bruninho da nossa Lisa.

Deixo-te beijinhos de Amor e Luz em formato de sonhos cor-de-rosa...



 
Ai minha querida ritinha, nem me baralhes, mas, na verdade sinto isso sempre...não tenho medo de nada porque me sinto envolta na LUZ!... Beijinhos para ti, mas, nem exageres..adoro-te..Eu escrevi um email e a nininha não respondeu, queria aquela data especial..só falta um!... laura.



 
Querida Laurinha,

fiquei emocionada com o poema dedicado ao meu filho e autistas, obrigada.

O video já o conhecia há muito porque afinal, o que é que ainda não li, vi ou sei sobre as "doenças" do meu filho?

Por acaso esse video e a maioria dos filmes não retratam bem os autistas no geral sabes porquê?

Tal como nenhum de nós é igual eles também não são ...cada caso é um caso e portanto esse em nada se parece com o do Bruno que pelo que conheço dele podia estar ali a tocar o maior grupo de musica rock que ele não seria capaz de se chegar a eles.

Um dia...quem sabe eu tenha a oportunidade de falar mais do Bruno ou ele de propria voz.

Não tenho andado a fazer mais do que aquilo que preciso: proteger e defender o meu filho.

Gastos e mais gastos a reconsultar os antigos médicos que ele teve para me fazerem relatorios sobre o Bruno sua saúde diagnosticos que fizeram etc para poder apresentar em tribunal e provar que não fui negligente como me querem fazer parecer para poderem por a mão em cima dele.

O Bruno diz que não é cobaia de niguém mas está a ser um dia o seu futuro o dirá daquilo que lhe fizeram e continuam a insistir.

Nada mais tenho a dizer sobre este assunto até porque recebi hoje um e-mail de seguimento ao que o Osvaldo mandou as cartas e não gostei nada do que li...

Eu sei o que está escrito lá e o que representa cada palavra só eu e os médicos que têm acompanhado o Bruno sabem mais ninguém além da minha familia claro.

Hoje fui á pedopsiquiatra que teve de lhe receitar calmantes porque ele anda de rastos...com tudo isto, veio afectar-lhe novamente e desta vez pior porque se trata da palavra "tribunal" que lhe dá pavor.

Por tudo isto...nem tenho muito o que vir cá comentar porque a alegria é zero por aqui...


Esquecia de dizer que mandaram carta a dizer que ia receber o tal subsidio de assistência à 3ªpessoa= 85 euros. Pois...não fosse a minha familia a assistente (eu) morria de fome. Melhor que nada.Gostava de saber era se o PM vivia com este valor caso tivesse de estar a assistir um filho e não pudesse ir trabalhar.

Agradeço que não se comente mais o assunto sobre a vida minha e Bruno está bem amiga? Nada adiantou e às tantas só estragou...o futuro me dirá o que por aqui vai chegar.

Beijinhos muitos para ti e todos os amigos que aqui vêm.

Não me julgues ingrata ou arrogante ou sei quantos mais adjectivos...sou apenas Mãe e ciente da realidade em que vivo eu e o Bruno.



 
Agradeço a todos que aqui comentaram dirigindo a sua força ou energia positiva para mim.
Obrigada!
Beijos com carinho



 
Enviar um comentário



<< Home