A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


quinta-feira, janeiro 08, 2009

 

Sonhar com bébés !...


Costumo sonhar com bebés, mas todos sabemos que quando sonhamos estamos na realidade a viver o momento do sonho, ou seja, do lado Espiritual!... Já não é a primeira nem a segunda ou terceira vez que o faço, e normalmente estou sempre a cuidar deles. Por vezes apenas a embalar o soninho, tenho-os nos meus braços e ajudo-os a adormecer. Outras a dar-lhes o biberon, e eles mamam, adormecem e volto a colocá-los nas suas caminhas. Certo que do lado de lá há bebés que se foram daqui e as mães permanecem ainda aqui na terra! E claro que onde estão têm mãezinhas, os Anjos mulheres que tomam conta deles,(ou pensam que o Pai os deixaria desamparados?) os mimam, não, não é como aqui, que os maltratam e manuseiam a seu belo prazer, não, decididamente, lá nos Reinos do Alto não acontece isso. Não poderia ser.

E como dizia; esta madrugada (sei que era madrugada porque acordei, estive ali a pensar, enquanto o sono não regressava (deve ter ido espairecer para outro lado e esqueceu-se de me adormecer primeiro) vi um grupo de mulheres e crianças, mais me pareceram ser do nosso Planeta, eram como nós, as vestes, as pessoas. Então vejo uma mulher a dirigir-se a outra, se não estava a ver o filho com dificuldades respiratórias, a mãe ainda nem se tinha apercebido que ele estava com falta de ar (um bebé de digamos, de 2 a 3 meses Cheguei-me a ele, peguei no seu corpinho pequenino, agasalhado, deitei-o no colo e fiz-lhe respiração boca a boca, devagarinho, era tão frágil... Deixei que a respiração normalizasse, voltei a colocá-lo onde estava e vim embora com aquela sensação de Bem fazer!...
Depois ainda andei por lugares conhecidos, por casas onde já tinha vivido, há muitas vidas atrás, e acordei com aquela sensação de ter ajudado um ajinho que estava em apuros!... Soube tão bem!...





Comments:
Ah Laurinha se todas as mães tivessem esse instinto maternal tão dentro de si não haveria bebés maltratados e abandonados e sei lá o que mais.

Sabes... isso deve ser por teres perto o teu menino (os teus meninos). Estás com tudo o que é ser mãe "em cima", a sair-te pelos poros. O teu subconsciente trabalha isso dessa forma bonita, porque em ti... só por isso.

Bom dia e beijinhos
Belmira (Girassol)



 
Menino debaixo da saia e eis que a n/laurinha sonha com bebés.....
Ès uma mamã cheia de sorte e os teus ninos uns ninos cheios de sorte por terem uma mãe que os ama muito.

Vai ajudar, pois precisas de descarregar esse teu lado maternal em crianças que sofrem......e são muitas, demasiadas mesmo.

Beijokitas e protege-te do frio, que parece que para os teus lados não brinca...



 
Ternura e encanto... são estas as palavras que adjectivo este teu post.

Adorei

Com amizade
Luis



 
Ser pai e mãe é por ai mesmo. É ficar deitado ao lado da criança vigiando a respiração e protegendo pra não cair. É passar a noite inteira de medo e rezar pra febre baixar. Sorte do Nuno e da Neide que tiveram uma mãe tão zelosa.
Beijos moça.



 
Girassol; não, nem é isso. Já tenho estes sonhos de andar com bébés ao colo desde sempre. reparei que por vezes os sonhos são tão nitidos quando acordo, para que não tenha dúvidas que foi isso que estive a fazer...ocupada a dar miminhos e amor aos bebés mais pequenitos, e pego sempre neles, acarinho-os, mimo-os e sinto como se fossem meus! é isso aí...
Não, não é por ter cá o Nuno, é já um costume muito bom, os sonhos ouvisões, ou simplesmento levito e lá vou ter com eles...Beijinhos.



 
Pois eu de vez em quando sonho que estou grávida eheheheh

Sinceramente não dou grande impoprtância aos sonhos.

Bjs



 
Nina parisiense; sempre quis fazer o bem a crianças ou jovens, mais velhos e aqui perto há uma Intituição a Monsenhor Airosa, acolhem jovens problemáticos ou em risco, jovens ninas que engravidam e os pais põem fora de casa, etc. Já levei muitas roupas boas que amiga sminhas dão, e já fui lá por duas vezes com a Glorinha para que nos recebam, queremos ir como voluntárias aos sábados de tarde, e eu iria à semana um pouco, pois é a uns cinco minutos a pé de minha casa e nem gastava gasoleo...
Fogo, já me aborreci, a secretária diz que ia da ro recado e depois ligavam à Glorinha, disse que era surda, claro, mas ela e outra funcionária falaram comigo e admiraram-se de falar tão bem, segundo elas, que publiquei livros de Poesia, etc etc, que podia ensinar costura às meninas e a glorinha teatro,artes etc... e falariamos com a spessoas da 3ª idade que algumas nunca saem dali, não têm familia ou a familia não as vai visitar, o que for. Pois não nos responderam. Apetece-me escrever para lá e perguntar se têm medo que olhemos para onde não devemos!... Ou se damos com a lingua nos dentes se virmos o que não gostamos de ver, ah, o bichinho da curiosidade e dos porquês, ainda me manda fazer alguma asneira e depois!...
Claro que sabemos que há milhares de crianças infelizes e com fome de amor!
Beijinhos.



 
Obrigada Luis F. é o que sinto e é o que sonhei e sonho muitas vezes...Beijinhos.



 
nino Alves, como vc sabe ser um bom papai!... é verdade, quando eles têm febre, mas que medo, ams que receio e ficamos doidos a rezar para que Deus não nos abandone nessas horas...e claro, amamos os filhos e ai diz-se tudo, o amor é tudo. beijinhos a vc moço, eu já nem sou tão moça assim...laura.



 
Linda Amiga:
Um poema fascinante e intenso, repleto de uma poderosa escrita admirável feito em forma de balanço da sua maravilhosa interioridade justa e comovente.
Adorei!
Linda Amiga:
É com um sorriso aberto que a leio. Possui uma capacidade de se dedicar aos outros extraordinária. Linda. Comovente. Digna e exemplar.
Parabéns sinceros.
Queria dizer-lhe umas "coisas" do meu "sentir":
Olho à minha volta, num ápice de encanto. As moscas, essas, nem rastos. Foram-se e foram-se com as horas inexactas.
“Sobrevoavam-me”. Como jactos de guerra, sem guerra marcada para aqui.
Descarregam “Jardins” floridos...Nunca “bombas”.
Nunca as entenderia, às bombas?
Talvez, “Bombas Floridas” de imensos “Jardins” de Flores belas. Talvez...!
Comportariam inequívoca Felicidade. As flores lindas. Puras.
Embrenho-me na pacatez do que sou, onde as "moscas" incomodativas não existem. Tudo está pré-definido. Num bem-estar duradouro. Eterno. Doce. Imensamente Mágico.
“Visto” uma melodia musical.Terna que me apraz. Sim! Em Felicidade, porque não?...


Beijinhos amigos de respeito grandioso e incrível de estima enorme. Bem-Haja!
Sempre a admirá-la e a estimá-la

pena

OBRIGADO sentido pelo seu sentir e pela sua preciosa amizade.
OBRIGADO!



 
Pena, que bom que ainda há seres maravilhosos que sabem ver o bem em todo o lado, mas, infelizmente temos de ver que; as Bomas floridas não existem ainda. Mais tarde talvez; agora não..não as ouves troar ao longe, em terras de Deus também? e porque os homens só estão bem a guerrear e a querer fazer mais e mais dinheiro...nem sei para quê, se o doce aconchego de um lar, onde haja paz e harmonia, chegaria para todos, mas não... e é a mesquinhez do homem que leva a isso..à matança de inocentes!...
Que bom se conseguires viver entre tanta harmonia, é que ver o que por ai vai, destrói a visão linda que nos pintas...mas quem dera, quem dera que fosse assim!... Anseio que esse dia chegue e nos possamos amar em paz, nas calmarias, sem medo de ter medo do amanhã...
Um beijinho da laura..



 
Instinto, Laurinha. É o teu instinti maternal e de seres um bom ser, boa mãe. É de dentro de ti.
Bjinhos



 
O bebé é uma ternura e sonhar com crianças é sempre bom sinal!
Excelente ano, Laurinha!



 
Girassol, ai, ai, ai, eu acredito e prontos. Não tem a ver com instinto maternal. Nós saimos do nosso corpo e desdobramo-nos pelo Eapaço sideral e vamos fazer coisas boas, claro...e ver os mundos que nos são permitidos! Bem nina, tu és mais novinha e com a tua idade eu também pensava assim, e assim; agora penso como te disse...Beijinho ternurento sem queres desdizer o que disseste, ams mantendo-me na minha pequenina razão! ehhhhhhh.. laura..


Olá São; excelente ano para ti também, e sonhar com crianças na realidade quase sempre ée star a vier os sonhos. Beijinhos, muitos, de; mim...



 
Laura,consigo entender tudo o que nos mostras .
São os pequenos grandes gestos e nas mais simples e elementares atitudes, que nos fazem sentir, sêres humanos.
Quando alguém,se "esquece"de pagar serviços que manda fazer,nas empresas,nas roças pagando por troca cachaça e depois...,também quem faustosamente vivendo, não paga as suas dívidas sociais, está começando uma guerra que não sabe quando termina.
depois são incluídos inocentes que ficam manchados de traumas para toda a vida.Até que a guerra surja vive-se a paz pôdre.
Se acompanharmos o crescimento de uma árvore,para colhermos bons frutos,muitos troncos são podados, o mundo actualmente está azedo.
Felizmente ainda existem pessoas com capacidade humana.
Um beijinho Laura.
Estou muito apreensivo e também sonho com o crescimento saudavel de todos os bebés deste mundo,mas o ciclo está a fechar,nasci num após guerra difícil,entrei numa guerra sem culpa e estamos aí com esperança de que tudo não passe de péssimismo gratuito.



 
Que bom que entendes Jrom...
Mas a maioria não, levam isto na parte da leitura e mais nada!
Sabemos como é, sabemos como reagem as pessoas que não estão minimamente preparadas para ajudar a endireitar o mundo, e entretanto, inocentes sofrem...
Não, já não vamos melhorar, ou antes, tão cedo. Apesar de ser optimista,sempre fui, sempre achei que tudos e resolvia, desse lá por onde desse, (e no que me toca, pode ter demorado mas tudo se resolveu d euma forma ou de outra)mas, e digam os Governos o que disserem, acho que melhoraremos, não tanto, mas dará para se viver sem passar asism tão mal. Deus nos ajude e dê luz aos nossos governantes pelo Mundo, todos juntos podem fazer a diferença. Acredito que o Obama vai dar uma valente arreada aos corruptos e ladrões, e ajudar os mais necessitados, o nosso governo ajuda os que já têm demais e nem olham para os mais pobres. Acho que chegou a hora de o fazer, se quer ter a coroa por mais tempo!...

...Ah, tive um tio, mano do meu pai que nunca conheci, morreu na guerra civil em espanha, nem o nome dele sei!... E um avô incógnito, nem sei o nome dle, mataram-no tinha o meu pai meses dentro da barriga da mãe (não foi um viver fácil!)Por ezes falo com ele espiritualmente, como se ele me escutasse, e, quem sabe...O meu pai era de 1924, faleceu com 68 anos, já lá vão 17 anos quase...e muito penou para viver, mas fez-se um grande homem sem pai ou ajudas de alguém!...
Beijinho da laura..



 
Sabes, Laurinha, quando te falo de instinto e subconsciente é disso mesmo que falo. Tu sonhas assim porque tens em ti essa capacidade de saires de ti e viveres esses sonhos. Nem todas as pessoas têm essa força de pensamento que lhes permite sentir as coisas dessa forma. Não me parece que seja uma questão de acreditarmos ou não. É uma questão de termos ou não sensibilidade na qual assenta a capacidade para viver tais experiências. Estás aberta a elas. És sensível. É disso que te falo.

Beijinho, Laurinha e não te deixes ficar "fechada" a este tipo de vivência porque te faz bem e nos faz bem, aos que te rodeiam, porque faz que em ti transpareça a luz de que és feita.



 
Não deveria ter dito: "não te deixes ficar "fechada"..." porque não estás. É preciso é que nunca deixes que aconteça fechares-te em ti própria de maneira a que deixes de ter abertura para viveres e sentires as coisas dessa forma.



 
Laurinha, deixei-te um jogo no meu blog. Não sou dessas coisas, mas vezes não são vezes.
Beijos



 
Não sou psicólogo, mas acho que o teu sonho quer dizer outra coisa.
Na verdade o bebé és tu, porque tens necessidade de ser acarinhada e amada.
Vês-te a ti a agarrar o bebé, porque essa é o teu eu real, verdadeiro, e o bebé é o que tu gostarias de ser para, e mais uma vez o digo, seres amada e acarinhada por quem gostas e/ou quem te rodeia.


Beijos



 
Biiingo!!!
O Roderick é que está a fazer uma correcta leitura dos teus sonhos. Tem espaço para ter muita razão.
Ah Laurinha pode ser essa necessidade de ser acarinhada e mimada no todo que és, mãe e para lá ou antes disso, MULHER. A tua sensibilidade faz-te sentir assim...
Beijinho mimo, Laurinha



 
Nino roderick e nina girassol; já agora adorava ouvir aopinião do Mundo azul e da nossa angel ligth em como não tendes razão! em como é como eu digo, pois eu vejo-me a tratar deles e não eles d emim, nem ninguém, já basta sentir-me a fazer o bem nesses pequenos seres...e é isso o que sinto..mas cada um diga lo que diga..eu respeito os dizeres de todos. todos mesmo..beijinhos ninos queridos, o bebé não sou eu, eles existem, são reais, e por vezes são deste mundo e eu vou até eles dar a minha contribuição em amor!...
Amo-vos ó seres que me amais também...não se sanguem, é asism que eu sinto... laura..



 
Hummm, eu acho que esses bebés com que sonhas é a tua vontade de ter netos... :)))

Jinhos, nina!



 
Minha nossa; tété; ninguém me acredita e eu sei que falo verdade, sinto-o... Bem, cada um sabe d si, ehhh netos? claro que adoraria, mas que avó serei? de perto? de longe? deixa ver...desconfio que os vou deixar mandar neles cedo demais...beijinhos.



 
Vim a correr doce Laurinha!

A meu ver, estes teus sonhos não é mais do que a tua alma a regressar a "Casa", para junto do Pai e a vivenciar aquilo que costumavas (costumas) fazer... seja noutras vidas passadas aqui no planeta Terra ou até noutros planetas, porque "nós" já passámos por muitas outras dimensões... até entrarmos na roda das encarnações aqui na 3ª dimensão!

És uma alma linda que cuidou (e cuida) de almas jovens... alminhas novinhas, quem sabe, prontinhas para encarnar na Terra! O Amor que tens para dar é tão grande que continuas a "trabalhar" nos teus sonhos e a viajares para "Casa", para outras dimensões, para dares conforto a essas mesmas almas... que são puras e inocentes... e que vêm espalhar o Amor num mundo que está caótico.

O teu desejo de mudança é grande e a tua fé e esperança também... acredita! Mas se não agirmos todos em conformidade... a peça representada por todos nós no amado planeta Terra terá um desfecho muito infeliz...

É esta a minha interpretação!

Beijinhos de Amor e Luz no teu lindo coração onde habita uma Criança Interior sensível e muito especial.



 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.



 
Laura,Numa das muitas lições que o meu avô me deu,tenho tido alguma dificuldade em entendê-la.
Mandava-me olhar a terra na sementeira e dizia-me:quem não semeia não colhe!
Ao ler-te sinto que estou a colher sem ter semeado.
BEM HAJAS.



 
A primiera frase deverá ser: "A meu ver, estes teus sonhos não SÃO mais do que...". Desculpa enganei-me na pessoa a ser conjugada...ups!

Beijinhos de Amor e Luz.



 
Querida amiga!Como tens o teu "menino grande" junto de ti esta razão,penso que muitos dos sonhos são passagens da vida,ou então outras vidas? Muitas vezes tenho sonhos que parecem realidades.Mas agora o teu sonho,está junto a ti ou não!
Beijinho (da nina agulheta)

Lisa



 
Ahhh nina anjinho de luzes....eu continuo a pensar e a afirmar que fui directamente pegar nesse bebé (era um menino) e tratar dele e voltei...tudo enquanto dormia..valha-me, entendo-te, é quase a mesma coisa...deixa ver a opinião da Mundo azul...ehhh tenho de ir a um especialista!...Ou arranja alguém qualificado para me entender...tudo na maior..... Beijinhos. tou cheia de frio, mas que briol...



 
jrom; todos aprendemos algo uns com os outros... Eu semeio, semeio, e devagarinho vou colhendo..Beijinhos.



 
Os sonhos não passam de metáforas da vida.
Sempre sonhaste com bebés e sempre procuraste o amor.
É verdade que tiveste filhos e deles recebeste amor.
Mas todos nós não passamos de grandes bebés que necessitam de amor e carinho.
O amor comanda a vida!
E qual a melhor imagem para ilustrar o amor?
Bebés, não?
Se os bebés não são a tua pessoa, então personificam aquele amor que sempre procuraste e não encontraste.
Queria-lo ter contigo, acarinhá-lo, protege-lo, como se faz a uma criança.

E o debate continua...



 
nanananã nina agulheta, este sonho assim como outros fazem parte da espiritualidade..O meu nino está aqui sim e feliz, mas não tem nada a ver..sonhei e senti que fiz o que sonhei e mai nada..não me enganei não senhora..Beijinhos.



 
girassol, agora já entendo melhor o que queres dizer e é isso que sinto, é sim. Beijinhos..laura



 
Tem de continuar meu querido roderick, eu apenas eu sonhei e senti e sei o que foi pois já faço isso muitas vezes..vou ajudá-los, onde estão não sei, ma spodem ser deste mundo ou do outro, nem interessa; eu vou lá!...e ajudo-os e eles a mim, idem, mas não concordo com a tua opinião, ah, como adoraria que um ser mais evoluido que nós pudesse esclarecer melhor a todos, Mas, há-de aparecer alguém mais sabido!...Ora aguardemos nino...Não, de forma alguma ponho as vossas palavras em duvida, só que..acho que é mais correcta a forma como me expresso...bora pra lá...quem pode ajudar?



 
"...eu continuo a pensar e a afirmar que fui directamente pegar nesse bebé (era um menino) e tratar dele e voltei...tudo enquanto dormia..."

Claro que foste... a tua alma, a tua verdadeira essência foi sim... e irá muitas mais vezes Laurinha. Não precisas do teu escanfandro humano para nada para "viajares" para outros planos, apesar de teres a imagem do teu corpo "Laura" bem presente nesses "passeios por outras dimensões". O lindo ser de Luz que habita em ti, bate as asas e voa durante o sono. É no sono/sonho que nos encontramos mais próximos daquilo que realmente somos!

E agora vou para a caminha... partir em viagem...hihihi...

Beijinhos de Amor e Luz!



 
Meu anjo d eluz, é isso memso, mas escutemos mais alguma opinião que se queira manifestar, ah, como gostaria que viesse quem eu cá sei e falasse com a sabedoria que na terra, lhe era peculiar....Sei que não seria aqui, mas como já li muito sobre Transcomunicação instrumental ou experimental..., ou seja, os Seres do outro lado podem manifestar-se através de tv's, rádios amadores e outros meios, mas, haja calma que aqui há demasiados cépticos, ehhhhhh.
Beijinhos e vou nanar também, ou seja, pá caminha ver um pouco de novela antes que embarque nos braços de Morfeu... té amanhã então e bons sonhos para todos..laura.



 
Lady Laura - você nunca deixou de ser criança, sendo assim sonhou com seus amiguinhos que deixou na savana ou na marginal de Luanda. Você é eternamente uma linda bébe, amorosa e ternurenta à espera de não acordar dum sonho.
Gostaste deste sotaque brasileiro?
Beijinhos Dolce!



 
Não Kim, amigo, amigo Kim, não, não se trata disso. deus...porque não aprendemos mais sobre Espiritualidade? Todos os sonhos querem dizer algo... Não, não era nenhuma criança de Luanda, do bairro, não, mil vezes não! o meu sonho era real, real memso real...mas não faz mal, nem todos entendem e quem sou eu para me por a discursar?
Beijinhos e quem sabe um dia veremos as coisas de forma mais clara e precisa... laura, sem dolce. ehhhhhh



 
Sabes bem o que acontece quando "vamos nestes sonhos". Eu sei que tu sabes, e sabes também que é preciso estar vibrando numa faixa muito elevada e boa.
Fico feliz por ti, porque o bem retorna a ti.

Já houve uma época...agora não mais.

beijos muito doces.



 
Laura

Talvez seja natural, uma mâe estremosa, diria mãe-galinha, sonhar com bébés.
Sendo sensível e humana, como tu, veja neles, em sonho, a renovação da humanidade.
Beijinho,
Daniel



 
É pitanguinha, sabemos o que é e sabemos que podemos andar nas faixas sem sinais de trânsito, sem policias a multas e sem carros a embater, sei sim minha querida. Por isso me sinto segura daquilo que digo... do que sonho e do que faço durante aqueles momentos em que posso abandona rmeu corpo e seguir rumo ao infinito, mas que passeio tão bonito!... Nem é preciso ter asas nem requisitar um bólide qualquer... Nunca vamos sós nestas viagens... Beijinhos.



 
Daniel; ? Bem, não é assim que sinto as coisas. Mas não é auqi a escrever ao desbarato que te poderia falar sobre como é ou como são estas viagens fora do corpo... Pois sonhando afastamo-nos do corpo e viajamos pelos espaços Siderais, e vemos coisa slindas ou nem isso, depende do nosso sentir, da nossa forma de viver!...Neste sonho nada tem a ver com o ser mãe...senão vejamos; quem não fosse mãe não faria estas viagens? nananinaná...
Beijinhos e muita luz!---



 
________________________________

Laurinha, penso que a noite, seu espirito vai ao encontro de pessoas necessitadas...

Sempre tive essa sensação... Quando dormimos, andamos por aí...Onde temos sintonia.

Beijos de luz e o meu ESPECIAL carinho!!!

__________________________________



 
Viva, mundo azul...Estava esperando impaciente, ehhh, mesmo depois de mudar de post, pois a neve é algo que não cai aqui há 20 anos, na cidade...
Ora exactamente, er aisso que queria saber, se sente assim também! Portanto; estamos também em sintonia de escrita!... Beijinhos e obrigada. Sei que não está em casa e de férias nem sempre se vai ao pc. Pois; beijinhos nevados que ver a neve a cair é coisa linda...em casa e agasalhada que na rua brrrrrrrr.
Laura.



 
Eu costumo sonhar que dou à luz piriquitos! :D



 
Van; é porque os teus piriquitos ainda vêm a caminho, e descansa que serão parecidos contigo..hão-de falar e escrever por sete, descansa pois e darão belos trinados.. Beijinhos cheios de neve..laura..



 
Estou velho, mas ainda não cheguei a esse ponto.
Ontem, estive aqui, de madrugada e não vi o post.
Hoje quando vi a data até me deu uma coisa.
Será que ando a ver mal ...?

Ou talvez dum copito a mais que não bebi ...

Mas a respiração "boca a boca" +e desaconselhada.

Agora estou a "escrever" a sério.
Li algures que chegaram á conclusão que era contraproducente.

Ou serei eu que estou a delirar?

Já nem acredito em nada e duvido do que vejo ...

Seria a neve branca ou laranja c/maracujá e chocolates com pepitas???

Estou a ficar "zaruca".



 
Não xistosa, não andas a ver mal, simplesmente deves ter ido comigo para outro Planeta e dai não veres a postagem...Só isso, mas não te rales, calhar nesse momento alguém tirou a postagem e a levou pelo ar, só podia..Beijinhos e nem ligues...laura..



 
Enviar um comentário



<< Home