A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


terça-feira, julho 31, 2007

 

Amar-te-ei eternamente...




Em tempos escrevi esta poesia.
Não é dedicada a ninguém especialmente!
Saiu num momento de carência afectiva, um dos muitos momentos que tenho, em que me sinto demasiado só, mesmo estando acompanhada! Quem já se sentiu assim, sabe do que falo! Parece que a alma é demasiado pequena para conter tantos afectos!...

Amar-te-ei sempre
Até depois desta vida.

Amar-te-ei sempre,

Como uma folha ressequida

Sedenta de mim.


Amar-te-ei eternamente
Até ao infinito,
Sabendo que no presente
Não posso ter-te a ti.


És apenas uma semente
Que guardo dentro de mim,
Que desabrochou tardiamente.


Mas que me fará sentir
Eterna e ilusoriamente,
A verdadeira amante
Que vive em mim …


Já foi publicado na pascoalita há tempos, mudei algum sentido, mas a essência continua a ser a mesma! É muito profundo, apesar de ser pequenino!...







Comments:
Também penso que avida tem continuidade, é lindo.



 
Lembro-me dele, laurinha.
Achei lindo na altura e acho lindo hoje. Muito forte! Cheio de força interior. 1 beijo
P.S. Espero que neste instante mantenhas pelo menos a msm fé e esperança que tinhas qdo esta manhã o colocaste.



 
Viver um novo fim...

É lindo sim. Experimenta decorá-lo, fecha os olhos e dedica-o a quem ames..mágico...
Beijinho de mim...



 
Querida Adrianna.
Sim, mandei um email para ti pascoalita africana e meus amigos, todos juntos podem ler a minha tarde!
Vim inebriada de amor, de paz. Sentimentos contraditórios vivem em mim, mais de força e de vontade de ir em frente! Sinto que vai tudo correr como eu anseio! Abraço-vos, ou antes, enlaço-vos no meu abraço!

E claro que graças ao Sandokan que mecheu tudo e lá fui eu. Mas vai lá ler, ali explico tudo...
Amo a ti adry...



 
Venho deixar um beijinho mto especial para a menina das résteas que hoje iniciou um caminho que a levará ao "pais dos sonhos realizados"
:) :)



 
Laurinhaaaaaaaaa
Laurinhaaaaaaaaa
Laurinhaaaaaaaaa
Hummm estou radiante ... sabes bem porquê ... 1 beijo grandeee



 
Cusquinha..então pois..não seria caso para estares radiante? é que assim daremos mais caneladas e com fartura de riso e colheremos barrigadas dele...
Beijinho a ti querida cusquinha, e vai cuscando. este poema é tão lindo e nem falam nada dele...



 
Adriiiiiiiiiiaaaannnnnnnaaaaaaaa
Não grites que feres meus tímpanos!
Um dia destes ainda vamos ter a camara para falar ehhhhh, acreditas nãoa creditas?



 
É uma promessa ... "Amar-te-ei eternamente"!
É bom de ler, melhor ainda será ouvir, já nem falo no que será sertir-se assim amado, mas daí a acreditar que ainda exista neste mundo algo que não seja efémero ... pode ser que exista, mas o AMOR não é certamente.
Mas tu mesma dizes ... "eterna e ilusoriamente a verdadeira amante"

Assim já te entendo, posso mesmo acompanhar-te nessa consciente ilusão eheheh

Exelente dia para ti, manita sonhadora :b)



 
Laurita, hoje é dia dum passeio até Cascais. Volto à tarinha
Deixo um beijinho grande a ti :)



 
Uma poesia escrita em tempos, mas sempre bela e actualizada!

Beijinho desde este Algarve que ferve de calor.

PS-Quando no Boletim metereológico diz que para o Algarve máxima é de 28/29 graus não acredites..Ontem era essa a previsão e o meu carro chegou aos 43,5!!



 
Querida Pascoalita, já teimei e torno a teimar que o amor existe e é lindo, a gente é que não tem uma maquineta onde ensina os dados e faça as contas...Porque há egoísmo a mais nos seres que se esquecem que amar é ter companhia para tudo, não só para a cama e a mesa...



 
Mana, nem sabes a quantas ando, sabes que mais? Até parece que encontrei de novo o amor ehhhhhhhhhhhh, esta coisa que me vai sair na sorte grande, já a sinto a entrar devagarinho, e depois sim dirte-ei como é ele aquele seu esvoaçar, aquela doçura que sós e sente depois de um silêncio perdido...amo a ti mana...



 
Cusco, querido cusco, acredito em ti e não nas tv e jornais, eu sei que essa parte do alentejo é cheiinha de calores, pobre de quem vive na menopausa e aí ehhh ufffffffffff, só mesmo dentro da água.
Beijinhos a ti, para hoje e sempre, é que por vezes não te vejo, nem tu a mim, ehhhh mas vamo-nos encontrando sempre ...



 
Sentires-te só? Nunquinha, olha para os teus amigos todos aqui reunidos. Vá, malta, toca a dar as mãos e atirar a Laurinha ao ar!



 
Laura, querida Laura, já fui activada e não me ARREPENDO de fazer o Implante!!

logo á noite estarei no msn, e aí vou te adicionar. Agora vou fazer o jantar :)

Beijo de mim para TI.

P.S-» Ao escrever ouço os botões do teclado a saltitar!



 
Rafeirinho, sentirme só? Nunquinha? ehhhhhh, és um amor, um amor de moço, de amigo de ão ão.
se sabes ler nas entrelinhas ora espiolha lá aquilo e diz se não é uma belissima canção de amor..vá, junta tudo...
Amo a ti rafeirinho. Ando numa de amar a todos...Já foste ao teu email? oláré olárá ti tó ti tóóóóóóoó´´´´´´ sei lá se isto se canta!...



 
Safadinha da memorex, safadinha e rais da miuda, que alegria a minha ao saber que sim, que deu...Espero por ti lá pelas 21,30 ou mais..a Neide está aqui a ve rum filme e eu vou sair.
Amo a ti garota linda e que felicidade a minha ao sentir-te feliz!...beijos a ti



 
Lindo poema Laura. Eu não conheci a primeira versão, se é que se pode chamar assim, julgo haveres muadado algumas palavaras. Mas conheci esta, belíssima declaração de dos direitos do coração. Amar, amor, até o fim.

Um beijo
Naeno

me diz uma coisa está havendo problems em acionar o meu blog para fazer comentários? Respondes-me!



 
Amigas/os!
Por motivos alheios, o meu blogue evaporou-se. Talvez, perdido nas imensas estradas de fibra óptica que percorrem o espaço cibernético.
Estou no entanto a criar este mesmo espaço, para poder estar junto de todos novamente.
Não lamento os “posts” que perdi, mas sim os doces, ternurentos e sentidos comentários que me transmitiram ao longo destes meses.
Os meus textos poderão ser repetidos, as vossas observações ficarão para sempre na minha memória.
Por diversas vezes me foi solicitado a “abertura” do blogue: A Traição do EU.
http://a-traicao-do-eu.blogspot.com/
Tentei entrar nos meandros da poesia da sedução. São outros sonhos que escrevi apenas para mim.
Ficarei como sempre na expectativa da vossa análise terna e objectiva.

Obrigado

O sonhador em full time
http://sonhadoremfulltime.blogspot.com/



 
Olá naeno, está sim. Não consigo aceder ao blog naeno ou o outro que tinhas com musicas e cosias escritas por ti. Vê lá o que se passa tá? beijinhos



 
Vá, malta, toca a dar as mãos e atirar a Laurinha ao ar!

Ai valha-me Deus!!!E depois quem a segura na descida?!Vá, depressa! Arregassem as mangas, respirem fundo,encham a caixa e sustenham o ar, finquem os pés no chão.Vá, volta Laura, a gente agarra-te! Cuidado, ela vem aí, seguuurem-na!E..Pum,ó caiu!!Ó Pascolaita, a culpa foi tua!!Quem te mandou por a rir!?Não se te pode mandar fazer nada!Estragas tudo!Ó Laury..tás bem?Dói-te o cuzito?Tadinha!Deixa lá, a gente já lhe trata da saúde!Pera pouco!



 
Obrigado Laura pelo carinho.

Um beijo sonhador



 
Tás a ver o que fizeste ó rafeiro?
De boas intenções está o mundo cheio. Agora ajuda a levantar a mim...



 
"em que sinto demasiado só, mesmo acompanhada!"

Esses estados de espíritos são naturais e necessários, para que a nossa alma reveja o que nós somos de facto e que nos chame a atenção para outras questões mais elevadas.



 
Ó carlos ii, ainda mais? mal sabes do meu fado...por mim já não faltava aprender mais nada!
beijinho a ti e obrigada pelas belas palavras...



 
Tadinha da Laura, ali caída... atão, parem lá de rir e ajudem a levantar a moça, pá!



 
Rafeirito, Bigadão, mas já tou de pé e a custo...Eu sei de quem saíu a idéééééia de me atirar ao ar...



 
Não dá para confiar em ninguém..irra! Tás melhor da "peidola"?hihiiih.



 
Africana, vieste com um atraso de dias, mas já tou boa tou..tás cumó rafeiro que diz peidola!...



 
Um sonho de blogue!



 
Enviar um comentário



<< Home