A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


sexta-feira, dezembro 31, 2010

 

Para as minhas ninas dos blogues amigos...


Ora bem, é dia de festa de arrebenta como se diz, de sair p'ra dançar pela mão do nosso amor, estar junto de quem se gosta, compartir essas horas com amigos de sempre, seja no lar de alguém ou no melhor restaurante do mundo, não importa, importa que seja passado com amor e carinho, e que se goste de estar onde se está!...

Já sei que a maioria é como eu, casadas, bem ou mal nem interessa, é que a maioria delas pensam que enganam a gente nas suas conversas sobre a felicidade do casamento... Claro que tenho exemplos de bons casamentos, mas são tão poucos que se contam pelos dedos.

Assim; meninas, vá lá, tragam os vossos melhores vestidos, sapatos, adereços, ou no fim de contas, deixem lá isso, para onde vamos haverá calor, o calor que todos necessitam de sentir, nem que seja apenas uma noite no ano... um biquini serve muito bem. (eu levo um pareo, ohhhh senão)

Pra começar, aquelas que não podem de forma alguma deixar os maridos sozinhos nesse dia, só há uma solução; comprimidinho no caldinho verde do jantar... dão garantia que os gajos dormem mesmo ferrados mais de 24 horas e isso aí dá-nos tempo para voar até à Polinésia onde temos tudo marcado... e o resto; desenrasquem-se! se for preciso mais uma dose para o canito senão quando chegarmos é um arraial de cheirete que nem sei, vão pelo seguro!

Bora lá, pouca bagagem, apanho-vos daqui a nada, o nosso avião supersónico aterra nos terraços da cidade, nem se preocupem...
Depois hotel de cinco estrelas, parece que não há mais estrelas... servidas pelos chefes comidas nunca vistas, música de encantar, e não faltarão pares de sonho para a dança antes da meia noite e depois... e o depois ...

Dou por mim sentada na areia da praia envolvida pela brisa morna que o vento trás, volto ao tempo das minhas passagens de ano em Luanda, sinto saudade de um tempo que não mais vai voltar.
E entre sonhos e quimeras, prepara-te laura, a festa será na D. Elisa os convivas de sempre e nem tenho o Nuno para me alumiar... porque junto dele sinto paz e sinto-me protegida...


deixa lá nina, para o ano será melhor e terás aqueles abraços sonhados e o compasso da dança de quem te vai acompanhar...

Meninas, sonhem de olhos abertos senão ainda entornam o molho do perú, a sopa cai na mesa e o chefe grita desalmado, ele apenas se senta e quer ser servido e mai nada!... e a gente? a Genteeeeeeeeeee? deixe-o de molho c'as bentas no caldinho verde, pode ser que seja mais simpático no novo ano, não? ó minha gente, desejo-vos umas entradas fabulosas tão à nossa moda, a sonhar e sonhando a gente vive, né?





Comments:
Olá Laura

Quanta nostalgia.

Os bons tempos das nossas passagens na Ponta da Ilha, já se foram. Ver as luzes da cidade reflectidas naquela baía maravilhosa fazem parte de uma outra vivência.

Aqui voltamos a ter novos amigos, novos fins-de-ano, uns que relembram o passado, outros representam o presente.

Relembrar sempre o que a vida nos trouxe de bom. Esquecer as coisas más e saber que do outro lado, no teclado, está um amigo(a) é sempre o melhor que a vida nos dá.

Sabendo que és minha Amiga e sabendo que houve uma terra vermelha que nos uniu (e que tens aí guardada numa caixa chamada saudade) aqui deixo os desejos de um BOM ANO 2011 com tudo o que há de melhor na vida para ti e para os teus.

Bjs



 
Flor de Linho
Só 2 linhas, para te desejar um Bom e Feliz Ano Novo.
Vou fazer a ceia.
Até para o Ano nina
Beijinhos
Maria



 
Querida Laurinha,

Já dei os meus passinhos de dança graças à música que nos ofereces mas sozinha porque o chefe (pouco) lá de casa não gosta muito de dançar (e também não aprecia muito que eu dance com outros), daí a gostar de dançar sozinha, assim não piso os pés de ninguém. Loira africana tenho o ritmo no sangue e gosto muito de dançar, o kuduru, por exemplo...

Já tenho a mala feita para ir à Polinesia, a que horas vem buscar-me o teu motorista para me levar ao teu avião privado ?
Não preciso de "botar" qualquer comprimido no caldo do meu marido porque ele está habituada a ver-me viajar sozinha, tal como ele também tem feito viagens sozinho.
Antes disso, o que vou fazer ? Comer no restaurante e depois tentar ver o fogo de artifício de Lisboa, se o tempo o permitir... Roupa especial ? Não, vou vestida com calças+camisola para não apanhar frio !

Feliz Ano Novo, amiga Laurinha !
Até para o ano !

Verdinha



 
Dolce Laura
Eu não posso ir, pois estou longe, mas pensarei em ti.
Um beijinho grande e espero bem que em 2011 se concretizem todos os teus sonhos.



 
Marius, sabendo que vivemos em Luanda nos mesmos anos,(61-62 até 74) por vezes nos mesmos lugares (só podia ser, lugares de culto como agora lhes chamamos!)mais me custou a passagem de ontem, pelos motivos que sabes, e mais me virei para a saudade.

A nossa terra distante
hoje, está apenas a uns passos
dá para sentir os abraços
das noites passadas
em farras ou caminhadas
pelas praias de águas azuis
que nos levavam para lá do horizonte...

Hoje a procurar a companhia
dos amigos que já perdemos
por esse mundo espalhados
e pelos quais agradecemos
os momentos compartilhados
naquelas noites de fim de ano
à beira mar
plantados.

Obrigada por tanto carinho e Amizade, a palavra mais pura que existe para definir os verdadeiros Amigos, o A maiúsculo.

Kandandos à nossa moda, à moda da terra que um dia nos conheceu.

laura



 
Verdinha, querida, já conheço os teus passos no kuduru e já me tentaste ensinar naquele almoço do dia 6 na Parede há um ano, ena, tens cá uma musicalidade dentro de ti..nota-se que o ritmo é das terras dáfrica, só pode... menina belga nascida no Congo Belga.

Como viste a minha passagem de ano, com a avaria do avião, ficamos todas em terra mas para a próxima será...é que a maioria das ninas já tinha a família a cear, e..não dava para por o pessoal todo a dormir com a cabeça dentro da sopa, ahhhhhh.

Um feliz ano para todos eu desejo porque precisamos mesmo dele.

Beijinho

laura



 
Maria querida; que para ti seja um ano mais feliz já que tiveste tantas maleitas na familia e em ti...

beijinhos carregadinhos de bons desejos para hoje e todos os dias.

laura



 
Kim, se se concretizarem alguns, os mais prementes, podes crer que haverá felicidade ao meu redor. mas adoro esperar que a vida decida sem precisar de mexer uma palha...

Bons e felizes ventos te tragam tudo de quanto há de melhor, porque o mereces.

laura



 
Pois é, querida Laurinha, a avaria do avião veio estragar os nossos planos mas deu para conversarmos as duas e como fiquei mais um pouco, deu para ver os magníficos 3 fogos de artifício (Praça do Comércio em Lisboa, Almada e Belém) que gostei muito de ver !
Começamos as duas o ano cheias de energia, a ver as estrelas - diferentes...mas estrelas na mesma ;) LOL - . Passou em frente aos nossos olhos toda a espécie de cores, não foi ? ;) LOL

Beijocas e
O meu desejo para que este ano de 2011 seja feito de muitas felicidades para ti e para todos os que te são queridos !

tua amiga Verdinha



 
Verdinha, nem vi a meia noite chegar, estava entretida e, plim, quando dei conta era meia noite e quinze, ainda bem.. e o resto já imaginas assim; Bom Ano para todos os amigos e os do GT...

ji da laura



 
Minha amiga querida, não deixe que tristeza nenhuma invada seu coração, pense que existe um Deus maior que todos os nossos problemas,,,e a Ele tudo é possivel,,,fique bem, fique feliz e tenha paz e harmonia no coração...beijos de feliz ano novo.



 
LAURA, um bom ano novo.

Beijos



 
Olá feliz 2011!
Quero hoje que você possa ver o trabalho feito no Folhetim Cultural que é o blog pelo qual sou responsável este abaixo é o endereço:
informativofolhetimcultural.blogspot.com
hoje sábado 1º dia do ano, voltamos com as publicações.
Ás 9 horas da manhã minha coluna poética
Às 13 horas O Poeta entrevista quadro de entrevista
e ás 17 horas Chá das 5 onde um poeta colaborador escreve uma coluna poética. Ao longo da semana atualizações são feitas com noticiário cultural, espero que possa contar com seu apoio nessa empreitada e que possa opinar sobre o nosso trabalho agradeço a atenção lhe desejo um ano super!

Magno Oliveira
Folhetim Cultural



 
Boa tarde Laura!
Passei para conhecer seu espaço e aproveito este momento para convidá-la a conhecer o meu, seras sempre bem vinda.
Em questão de matrimônio, optei por ser livre, então estou sempre pronta para as oportunidades que surgem ao acaso.
Desejo-lhe um 2011 de realizações, paz, saúde e sucesso.
Beijokas, Beta de Santana




 
Oi menininha da fita métrica!...:)

Amei o seu texto. De verdade!!

É tão bom sonhar de olhos abertos, não é mesmo?

Então, menina, te desejo um DOISMILEONZE muito, muito, feliz!

Que o Papai do céu te abençoe, fortaleça, e esteja segurando a sua mão durante todos esses dias que temos pela frente.

Beijinhos fra[ternos] pra você

Cid@



 
Bom dia ,Laurita querida ,amiga de vida minha,te explico sumiço meu,em pleno congresso internacional,discursando,descobri que nem mais um passo dar poderia,os ossos de coxas minhas,assim como do quadril,corroidos foram pelos cortiscóides quando das cirurgias em meu cérebro,preparando estou sendo,para a primeira me submeter na segunda quinzena dessa janeiro,sem andar estou,trabalhando meus roteiros e blog,deitado,como um astronauta fosse.

bzu mãos suas,amiga caríssima

viva la vida



 
Everson amigo, a tristeza vai e vem, e a vida está começando de novo, vejamos como vai ser, mesmo com pensamentos positivos...
Obrigada a vc e beijos e abraços para este ternurento Amigo.

laura



 
Palomita e para ai nos eu Brásiu, tudo do melhor que andamos todos com politiquinhos iguais, eles nos querem vender e ainda vão vender nossa alma ao diabo...

Beijinho e haja milagres a acontecer.

laura



 
Oi Beta, é siso aí, ser livre terá as suas razões de ser e de felicidade, mas o mundo ainda vai demorar a perceber que o casamento já era.

Muita paz e se divirta neste ano que começou a passo de caracol ainda.

laura



 
Ai Cidinha querida, já estou visualizando o nosso papai do cés cansado de segurar minha mão na suas porque eu não paro de lhe sussurrar no ouvido; eu queria isto prá'quele, eu precisava disto para aquela, ah meu Pai, então não está me ouvindo, bote ouvidinho aqui, e vou-lhe sussurrando mais e mais, ele acabará por largar minha mão de tão cansado que vai ficar, e o ano apenas está começando...

Para você e os seus, o melhor que se deseja a uma migo, um irmão....tudo.

beijinho da laura



 
Ricardinho amado, mas vc passa a vida dando chance pra o machucarem? ai que não aguento ver vc nessa de estar de novo acamado, meu Amigo, vamos a buscar forças naquEle que tudo pode.
Eta Brasileiro amado, o mundo precisa de sua força e de seu sorriso.. Bote p'ra cá ele.

beijinho da laura e que este ano comece por melhorar você.

laura



 
Olá Laura a entrevista que eu fiz com o Roberto Prado foi limpa sem essa de não pode isso não pode aquilo. Por isso me dedico ao blog, pois aqui tem liberdade. A entrevista que foi publicada no jornal Mídia Ambiental dia 21 de dezembro foi feito corte em algumas coisas, aqui está sem estes cortes. Não crítico o Samuel Ferreira jornalista responsável pelo jornal, pois entendo que tudo é questão de espaço. Fico triste em saber que a situação de Portugal não é tão diferente da do Brasil. Porém tenho esperança de ver tudo isso mudar. Hoje sábado estamos dando um passo grande rumo ao desenvolvimento a primeira presidenta do Brasil assume e eu espero que ela possa fazer um bom papel. A opinião do entrevistado Roberto Prado em muitas coisas concordo e admiro pela coragem da forma que aqui colocou é totalmente dele. Porque aqui no Folhetim é assim: Opinião livre.

Magno Oliveira
Folhetim Cultural



 
Laura querida

ainda bem que viestes visitar
sabes que jamais me esqueço de ti
fartei-me de rir com o teu comentario precisamos mesmo de rir muito.. o meu poema é para dar um sorriso ás meninas ..

desejo-te FELIZ 2011 tudo do melhor para ti e quem amas..

gostei da boa musica.

beijos minha flor!!!



 
nós somos uma familia nâo me peças desculpa estamos aqui para dar AMOR e poesia vamos de mâos dadas neste caminhar da vida

alegria vida e saúde

felicidades hoje e sempre


beijos com todo meu carinho!!



 
Oi Magno, a situação dos nossos Países que quase falam a mesma lingua, mas com linguajar diferente, e o vosso é tantas mas tantas vezes mais, maior que o nosso (já estive aí em S. Paulo, Belo Horizonte, Brasilia e Goiânia Giás, um encanto, mas as favelas, ai as favelas, deviam construir casinhas para todo mundo com condições mas aqui se em menor escala porque somos mais pequeninos, também as há, se há...

Enfim, feliz de quem pode falar e escrever em liberdade, porque eu acho que é um direito de todo o cidadão, desde que cumpra os requisitos da boa educação, logo...

Mas vai demorar a que entendam que na vida só a verdade e o amor triunfarão...

um abraço d alaura



 
Eu sei Braulio, mas foi pela falha das palavras em desordem...

um abraço da poeta para outro poeta que canta nas poesias que escreve.

laura



 
aí, aí Laurinha segui á risca os teus mandamentos, agora estou aqui no aeroporto o avião não descola, acabei por passar o ano com uma coca cola ehehe
minha linda espero que o teu ano tenha sido passado com harmonia.
beijinhos de bom ano



 
Não pude vir ontem aqui. Fui ao "oitavo andar" ver a cobertura e os fogos de artifício de Copacabana, ao longe.

Feliz Ano Novo pra ti Laura. Que o ano te traga quem tanto esperas.



 
Amiga Laura!

Cheguei no final da festa :(
Vou apanhar as canas e ver se sobrou por aí algo que se beba e fazemos na mesma um brinde, dá???????

Espero que tenha sido uma bela noite!
Foi seguramente!

Agora vamos fazer de cada dia uma festa, mesmo que se confirmem todos os maus presságios...
Faremos tudo para espantar a tristeza!
Haja saúde, harmonia e amor, todo o resto virá por acréscimo.

Adorei ter-te conhecido em 2010.
Espero passar este Novo Ano contigo, sempre de mãos dadas.

Não te aflijas com os comentários lá no Rau... tudo parece mais difícil do que realmente é...
Verás que te habituarás.
Se não conseguires, não te preocupes, eu sempre visito os amigos e não estou à espera que passem por lá para depois retribuir.
Eu não!!!
Eu visito quem gosto!

Beijos




 
Luna amada, uma coca-cola? olha, se fosse um chocolatinho quente, ainda vá, ou estavas a fazer reclame à dita? Aqui em casa os ninos adoram, mas só a ponho na mesa de longe a longe...

Belissimos dias te esperem querida Luna, e que a felicidade bata na tua porta que não será engano...

Abracinho da laura



 
Pitanguinha, já vi que andas sempre na lua de há uns anitos para cá, mas isso é efeito de coração, logo, que bom que foste assistir ao fogo, o meu apagou-se ainda nem eram 20 horas... só contado...e pela meia noite que nem dei conta dela chegar, já devia sornar...quando dei conta já passavam 15 minutos... que fiz? ver o fogo? não, apaguei a luz e adormeci a sonhar com a felicidade que está para chegar.

Um beijinho da laura que te deseja o melhor da vida para este ano que começou...



 
Querida Ná, na verdade também visito quem quero e nunca fico à espera de retorno, mas, sabe tão bem quando os amigos começam a chegar e a dizer palavras de alento e ternura.

Claro que se arranja que beber e brindar, que importa brindar no dia certo se depois haverá desacertos?

É isso mesmo, também não me ralo nada com as previsões para o ano que decorre, pior será em termos de catástrofes mas no ano a seguir, só que, já Ele avisava, mil cairão a teu lado e tu não serás atingido...Não tenho receio nenhum, há muito que me habituei a viver da forma que vivo, nada levaremos e apenas deixaremos o bem que fizemos, que de resto, vamos sozinhos assim como também chegamos a este mundo sozinhos. E amanhã todos os que se amaram, estarão juntos, tão simples assim. deixemos correr o tempo ele é a sabedoria Divina...

beijinhos e obrigada pelo carinho.

laura



 
Um beijo imenso pra ti querida amiga e uma semana toda de carinho e paz...



 
OLá Laura,
Não pude vir à festa, mas apetecia-me cantar como o Chico: «Eu queria estar na festa, pá
Com a tua gente
E colher pessoalmente
Uma flor no teu jardim...»
Apareci de novo para te «chatear» e tenho uma coisa a dizer, estás a ir muito cedo para a cama!»
Beijinhos Nina, estou à espera de um tempo mais aprazível para ir até Braga!!
Beijos,
Manú



 
Everson, começando a nova rotina, nova pelo novo ano, haverá alegria e paz.
Um beijinho para ti, da

laura



 
Manú, ahhhh nem é por siso, vou para a cama porque estou sozinha e há dias bem te gritei mas já tinhas ido embora, foi pena.

Agora vou ver se te apanho, mas o pc está tão lento que me apetece partir-lhe as bentas... mas depois nem lento nem nada.

Está frio sim, mas não tarda, avisa com tempo e teremos um belo dia...podes vir a meio da manhã ehhh para render mais ehhhhhh...autocarro ou comboio tanto faz.

Um beijinho da laura



 
Olá xopita;A festa deve ter sido de arromba mas eu não pude ir. Ficará para qualquer outro ano,tá?

O que importa é que todos se tenham divertido, porque essa festa prometia...

****Desejo-te um Novo Ano com muita saúde e a serenidade necessária para enfrentares os momentos mais adversos...


Fica bem xopita e...até um destes dias...

Beijinhos grandes



 
Eu tenho um poema novo,
que foi escrito antigamente.
Não é um poema velho,
mas é um poema presente.
Gostas de o ler?
Este poema de povo.
Que em simples palavras
te desejam...
Um Feliz Ano Novo!



 
Sol, achas que foi divertido? uau, se foi...como bem te disse, mas que dança ferrada e que meia noite de sonho, nem sei para onde se escapuliu o principe meio lorpa que me calhou...

Beijinhos e até breve sim, tão breve assim.

laura



 
Ola Laura, estou passandoa qui para a gradecer seu comentário no Blog Folhetim Cultural.
Para saber mais sobre minha Obra, entre em meu blog.
Feliz 2001 para você.



 
Ranzinza, ora pois que passarei por lá mais loguito...

para você feliz doismileonze...sem dúvida.

laura



 
Enviar um comentário



<< Home