A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


quarta-feira, agosto 18, 2010

 

Entrem, encontram-me no jardim do amor!


Desta vez é um encostar de porta... Tenho saído todos os dias e venho para casa, volto a sair, enfim, os encontros deixam-me num êxtase profundo...

Os encontros e os passeios que dou pela natureza em busca do meu sonho, um sonho que preciso de sonhar e de trabalhar para que ele aconteça!...

Um sonho que foi mais uma visão e que preciso de concretizar. Sei que quem me deu a visão, me mostrará o resto do caminho e tudo fará para que a visão aconteça...

E entretanto vou tendo os meus encontros a que chamo "os meus encontros de amor"

Se der, ainda passo nos vossos blogues, tenho sempre saudade dos meus amigos e como a maioria anda por aí de férias... aproveito e faço férias naquele tão Português "vá para fora cá dentro" e acreditem que para mim; férias, são onde o amor e o sonho se encontram...





Comments:
Laura,
Eu não faço cerimónia e entro mesmo mas tenho que levar o meu neto. Ambos partilhamos contigo o sonho e o amor!
E se pudermos queremos ajudar-te a encontrar esse sonho! Ele está lá e podes crer que vai ser teu!
Beijo



 
E o sonho continua a comandar a tua vida.....e espero que um dia o mais breve possível ele se concretize.

Queres vir de férias cá dentro, para a capital?????

Beijokitas linda.



 
Bacouca, ora se vai, se já o vi realizado, crianças a correr, a brincar, baloiçar, felizes da vida, mas...é muito para contar aqui... Um dia quem sabe, quando nos encontrarmos, falaremos de como nasceu essa visão..
Bem vinda, visitante número um, a bacouca, com o netinho pela mão...

Um abraço apertadinho da laura



 
Parisiense, ai de mim se não for o sonho ou sonhos...nem viveria..Mas como se diz, o sonho comanda a vida como uma bola colorida nas mãos de uma criança...

beijinhos para ti, já vou passear que chegue em Setembro... e que bom..beijinho da laura



 
Querida Laurinha,
Então estás a ter visões e boas!... Qual é o remédio que estás a tomar? rsrsrsrs
No sonho podemos ir até ao infinito!...
Beijocas,
Manuela



 
Mas que lindo sítio para passar férias, querida Laurinha !
Vou entrar mesmo ! E posso levar um raminho de flores para a casa ?
É pena que seja tão longe da minha casa, são tantas horas de viagem. Mas já sei que quando lá chegar, tenho sempre um acolhimento de luxo e de amor !
Beijocas, minha amiga !

verdinha



 
*
Visões
são premonições do porvir,
é bom estarmos atentos
e “agarrar” os sinais !
,
vagas de felicidade,
deixo,
,
*



 
Manu amiga, o sonho foi real, foi visão, foi fabuloso e num dia em que tive uma notícia muito má que me abalou totalmente, e para quem estava a sofrer como eu, a visão surge do nada e de manhã já começava novos projectos com tanto entusiasmo que a Neide só disse; mamã, tudo bem, mas não te esqueças de nós..ahhh bem me ri..Deus é amor...sinto-O...



 
Querida Verdinha!

Flores? olha ao teu redor, desde a rua que a nossa casinha tem flores...
já viste as paredes caiadas daquela cor linda?
Viste o sorriso dos putos? na imagem eles andam de baloiço mesmo, mas não consegui copiá-la pois não aprendi, já me explicaram mas, é que a imagem com eles a baloiçar é lindíssima..

A tua presença daria aso à mais completa alegria, e sabes bem que terias acolhimento com o maior numero de estrelas...ai sabes sim...

Abraço apertadinho da nina laura



 
Poeta, pois são, e a visão j+a tinha os putos a correr, os amigos a passar fins de semana em amor, alegria, ah, se soubesses como foi a visão e o porquê!... Um dia conto-te, podes crer que sim..sem descurar pormenores..
Abraço da laura



 
Laurinha, só para te dizer olá.
Tenho andado um pouco afastada, muito trabalho e muita preguiça.
Também aproveito o tempo livre para uma prainha, enfim ...
Beijinhos.



 
Eu por vezes gostaria de fazer férias de mim, mas não me consigo modificar,por isso estou sempre agarrada ao que sou e lá vão as férias.
mas tens razão tudo na vida só faz sentido quando está envolta de amor,por isso as férias também tem de ser lá envolta de sonhos, fantasia e amor, as fotos estão lindas até parece que pude receber a fragrância
das flores
Bj



 
Oi querida Montana, perdemo-nos por aí, mas deixa lá, a gente encontra-se de tempos a tempos e vamos sabendo uma da outra..ai a preguiça das férias.. Um beijinho da laura



 
Multiolhares.. a vida só faz sentindo se trouxermos o amor a tiracolo...sempre,sempre, pensando nos seres mais fracos, as crianças...que só serão bons adultos se tiverem educação a tempo e horas, e bons corações a darem-lhes carinho...
felizes dos filhos que têm pais ou familiares que as cuidam e sabem dar-lhes os ensinamentos que a vida precisa.
Um beijinho da laura



 
Oi Laurinha
Mais um pouco e quase nos encontrávamos. Também não forcei porque dentro de dias ver-te-ei.
Este ano fui um pouco saltibanco.
Beijinho



 
Kim, ia fazer-te uma surpresa sei como se ia lá ter,a sãozita ia comigo com medo que me perdesse, mas eu conheço esses caminhos há anos, é na estrada que leva à terra dos meus avós e da L&L... mas, que pena..também digo; mais uns dias e todos estaremos juntos..Goza e descansa, sabe bem ser saltinbanco...quando bem acompanhado, mas que maravilha.
beijinho da laura



 
Querida Laurinha,

Se queres saber o significado do "cou" do que fala o teu "primo"Vieria, tens que ir ver no blog do Cão Merdock a história que ele escreveu.
Mas posso já te dizer que significa pescoço e diz-se da mesma maneira do que o dito cujo rabo...
A blogosfera está mesmo triste.... Está tudo de férias ! Nem me apetece postar mais coisas...nunc tive tão poucas visitas :((
Beijinhos
Verdinha



 
Nina;
Hoje só temos vontade de te mandar beijinhos!...

Áh... falta pouco, não é?.

bjs,
da Ana e Osvaldo



 
Verdinha; quando foste de férias não comentavas..só às vezes, e hoje anda todo mundo de férias...Eu faço-as no vá para fora cá dentro...

Já entendi mas como o primo Vieira falou, pensei, ah, será marotice?

Xi, viste-nos retratados no Moa, mas que giro, que coisa linda por o grupo todo ali...boa, este Osvaldo tem cá uma pinta! só me acho feiota na parte da sombra..pareço um torpedo ehhhhhh. Beijinhos da nina para ti e todos.



 
Osvaldo e Anita, se falta pouco? ui, ui, mas, cala-te boca...eu conto os dias, as horas, os minutos e a cada dia que passa, é um dia a menos..Um xi aos dois da vossa nina laura

Ontem estive a kilómetros dos nossos Kim e L&L, mas não deu..como ele disse, falta pouco e até já diz; dentro de dias...

Um beijinho..



 
Querida Laurinha,

Acho que o nosso amigo Osvaldo escolheu muito bem a tua fotografia ! Estás aquilo tudo o que ele escreveu no Moa e parece que vais levantar voo. Esta foto é linda, é obra dum grande fotografo !

Relendo o teu post, reparei nesta frase "férias, são onde o amor e o sonho se encontram...". Foi durante umas férias em Portugal que encontrei o meu amor...
Bem, não estava "previsto" nos meus sonhos mas a partir deste momento, tudo se tornou quase como num sonho mas afinal eu estava bem acordada !
E mais uma coisa, Nina, não tinha sonhado nada disso nem andava a procura de nada ! Apareceu quando menos esperava !
Quantas vezes procuro alguma coisa que perdi e depois mais tarde encontro-o por acaso. Assim é feita a vida...

Beijinhos da tua amiga

Verdinhacric



 
Verdinha, se leste bem, não entndeste esse meu amor! repara na imagem dos ninos felizes e isso diz tudo! Sabes que há uma obra nascida de uma visão em meio a sofrimento que tive uns dias antes de ter o blogue e dali a minha poesia Réstias de sol...
Se fores lá em Novembro 2006...podes ler..e entender... até falo nos meus amigos que se foram juntando, crescendo...ah, podes crer que ainda sereis recebidos nesse Ninho de Amor...

Beijinho da laura



 
Concordo plenamente com a tua ultima frase.

beijos Laura.



 
Olá querida, te vi em blogs de amigos em comum e vim conhecer teu espaço, adorei, que flores mais lindas...Tenha um lindo final de semana...Beijocas



 
"Se somos livres todas as vezes que queremos entrar em nós mesmos, raramente nos acontece querermos entrar .

Desculpa o atraso mas o tem+po tem sido escasso.

Beijinho.



 
Agora é a minha vez de sair para umas férias, não para muito longe mas sempre com vontade de voltar aqui, o quanto antes.

Beijinho



 
_________________________________


É preciso sonhar Laura! Sempre e sempre... Toda a nossa aparente realidade, um dia foi um sonho na cabeça de alguém...


Beijos de luz e o meu ENORME CARINHO!!!!

_________________________________



 
Viva Pitanguinha, ainda estás cá ou lá?

A frase é verdadeira...beijinho da laura



 
Obrigada marilu, também já tinha visto essa imagem, mas..ainda bem que veio..Um abraço a laura



 
manuel marques; exacto, seja,os livres para pensar da forma que quisermos..Um beijinho da laura



 
Paulofsky, é verdade, mal saio daqui seja longe ou perto, estou mortinha para regressar ao lar..
Boas férias para ti e beijinhos, da laura



 
É mesmo querida zélia..sonho sim, sonho muito, querendo sonhar cada vez mais e como o sonho comanda a vida..força nesses sonhos que um dia acabarão por acontecer...

beijinho a vc e abraço apertadinho, da laura



 
E como não estou de férias Laurinha, venho aqui assim mesmo, pois para mim é uma visita onde reencontro minha dileta amiga. Por que digo? Porque tu é uma menina especial, que a todos acolhe na mais linda hospitalidade!
Obrigado minha amiga pelo teu fraternal amor para quem de tão longe vem, do outro lado do Oceano. Beijos, um abraço.



 
Laurinha...

um sonho, um desejo, uma busca... que seria da vida se não fosse os sonhos? já disse, já escrevi e não canso de repetir, motivação maior que nossos sonhos, creio não existir...

sonhe Laurinha, sonhe...mais cedo ou mais tarde, tu torna estes sonhos realidade...

abração do Mr!



 
Oi minha flor!
Que todos os seus sonhos se realizem!
Obrigada pelo carinho!
Bjs.



 
Laura,

É bom sonhar, mas é melhor ainda quando sentimos que o sonho está tão perto... e abre as portas de par em par...



 
Vozes de minha alma, sabe tão bem ler o que escreve com carinho, há ternura na spalavras saídas da alma..Obrigada irmãozinho querido, obrigada pelo miminho..Aquele abraço apertadinho da laura



 
Mr. Gomelli, pode crer que todos os meus sonhos mais tarde ou cedo, aparecem batendo na minha porta...como quem diz...

E vc é jovem, logo, sonhe e aprofunde, eles chegarão um dia...e serão belos como todos os seus sonhos são... sei que sim.

beijinho e abraço da laura



 
Obrigada Fátima, e hão-de realizar, pode não ser todos mas a maioria sim, ou seja, o que for melhor para mim, a caminho virá..Um xi apertadinho da laura



 
Rouxinol, estive aí perto, na Árvore num encontro de Angolanos, cheguei agora...Maravilha..

é mesmo, eu sinto que estou cada vez mais perto deste sonho..eu sinto.. Beijinho da laura



 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.



 
Olá Laura!
Com atua permissão, vou dar um saltinho ao tema "idade para amar",post que comentei.
Quando digo "que já não é idade para acasalar" significo que aí, nesse caso,o amor acontece já menos desligado do aspecto meramente físico,não que este já não exista.

E quanto ao post de hoje, acho que combinas muito bem a errância do corpo com a do espírito - que normalmente eles tendem a andar a par - e fazem linda companhia um ao outro .

Beijinhos; bom fim de semana.
Vitor



 
Este comentário foi removido pelo autor.



 
Vitor; claro que por mais ou menos amor que haja, o restante sempre fará falta. Depende de cada um, o amor na parte física continua,se tiveram uma vida plena na mocidade, que bom..e amansam para o fim, se for o contrário! então desforrem-se depois ahhhhhhh. Uma coisa só importa, é que se viva o verdadeiro amor que não se teve na juventude, mormente quando ainda se casavam sem saber o que era o amor, o amor a doce ternura da vida!..muitos aturam-se ainda, outros separam-se e iniciam novas vidas...Uma coisa é certa, nada substitui o verdadeiro amor!

Tem um bom Domingo, enevoado, mas fresco e a chuva (o teu nome) bem podia sair ao terreiro e, dançar...está tudo seco.
Beijinho da laura



 
Essa história do cou em francês, fez-me lembrar duas quadras brejeiras:
DA MINHA JANELA À TUA
VAI UMA CERTA DISTÂNCIA;
TEM CUIDADO, NÃO ESCORREGUES
NESSA CASCA DE MELÂNCIA.

TU NÃO TIVESTE CUIDADO,
ESCORREGASTE NA MELANCIA;
PARTISTE O COU FRANCÊS,
VAI CURAR-TE À FARMACIA.
Abreijos
André Moa



 
Moa, essa do cou já fez correr muita tinta aqui no blogue e no da verdinha, ia perguntar se era cu em português ehhhhhhhh..vá lá, era para rir, mas que verso meio rimado meio zarolho...



 
Enviar um comentário



<< Home