A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


sábado, abril 17, 2010

 

Deixa-me encostar ao teu seio!


( na estante, foto da avó laurinha)

Passei o dia a lembrar-te, avó a lembrar a tua casa que sentíamos nossa, o teu amor que também sentia meu, aquele carinho que me davas, eu era uma filha não era uma neta, ou pode-se gostar mais ainda dos netos, que dos filhos? Penso que sim, o meu pai dizia isso!
Hoje voltei á terra, andei por ali a vaguear qual alma penada, a lembrar-te e quando eu chegava como era enorme o teu sorriso, a tua alegria ao abraçar-nos, éramos os únicos netos, os outros já vieram mais tarde, que bom ter as mordomias da avozinha querida que eras e és, ai de quem nos quisesse por a mão, inclusivé a dona Elisa, ahhh, ela que se atreve-se... porque, embora estejas do outro lado, o meu amor mantém-se inalterável, ou seja, acho que se é possível, ainda gosto mais de ti, como se houvesse um ainda mais, para o meu amor subir mais alto até ti!
É que a vida muda, e hoje já mais velha, lembro quando havia dificuldades e desabafavas comigo,(já mais velhinha) faço ideia avó, faço ideia como não teria sido a tua vida com 11 filhos para criar, na altura tinhas criados, os empregados de agora, as filhas ajudavam em casa e no campo, amei o tempo que ia passar convosco, amei quando chegavamos e eu subia na pedra enorme junto ao portão de madeira, grosso, e abria no ferrolho com dificuldade, entreabria-o e gritava (devia ter uns 5 anitos por aí, ainda ouvia bem) ó senhora laurinha, vinha buscar um púcarinho de leite para o meu menino, a tentar imitar as vozes das mulheres que tantas vezes te iam pedir leitinho e muitas vezes levavam mais que isso...e lá vinhas tu a fazer de conta que acreditavas na peta que te pregava, e que colinho tão bom o teu, que abraços e beijinhos, que doçura de mulher tu não eras, ó avó, avozinha amiga... hoje preciso do teu colinho como antes. Vou fazer de conta que vens sentar-te ali a meu lado na varanda enorme os teus braços a rodearem-me e a dizer-me que a vida é cheia de tudo, e que tudo acaba, tudo passa, nada dura para sempre...
Mas, deixa-me ficar assim deitada no teu regaço enquanto me afagas os cabelos e juntas as tuas lágrimas ás minhas porque sei que neste momento estás a chorar a meu lado, estás a sentir a minha alma a doer!...





Comments:
Lindo, querida Laura!
Desejo-te um fim de semana muito bom!

Beijinhos,



 
Olá Dadinha, mal acabei de postar já estavas aqui, ah, parece que estavas á porta com a avó laurinha!...

O fim de semana muito bom é aqui no lar, agora vou para o ninho ver tv, volto aqui, volto para lá e depois se verá!... Chove, chove muito...
Amo viver em paz, em quietude, mansuetude... a minha alma habituou-se a ouvir mais o silêncio do que as palavras!... e gosto, gosto de tudo o que me transmite serendidade!
Para ti também, tudo do melhor em amor, alegria, felicidade..ji da laura



 
Olá xopita:É sempre bom recordarmos aqueles que amamos.Eu também tive uma Avó muito,muito querida que me enchia de mimos de toda a espécie.Muitas vezes a senti o meu porto de abrigo,talvez porque a minha Mãe nunca foi ligada a carinhos e eu que tantas e tantas vezes me senti "perdida"só podia buscá-los quando a 'Vózinha vinha ao Porto ou eu/nós íamos a Lisboa.Tenho pouco memória de ela me chamar pelo nome.Era sempre minha jóia isto,minha jóia aquilo.Mas a jóia, a grande jóia era ela que nos ajudou e muito, a "criar",depois da partida tão prematura do meu Querido Pai.Como é bom aínda hoje pedirmos colinho às nossas 'Vózinhas e sabermos que o recebemos para amparar os nossos momentos menos bons.A saudade bate forte sim,mas é uma saudade tão gostosa que vale a pena recebê-la...

Beijinhos xopita MUUUUIIIITOOOOSSSS

**Beijinhos muito especiais para todas as Avózinhas que souberam dar colinho...MUUUUUAAAAAAAAHHHH****



 
Estás triste, Laura? Foste buscar aconchego num colo que sempre será teu, ainda que tão longe. Deve ter sido a chuva que te deixou carente assim.

Aqui tive um dia de sol extremo e divido-o contigo, minha amiga.



 
É Sol, Sol querida, ambas tivemos mães parecidas que mais depressa nos enxotavam do que nos davam colinho... e tiveram toda a vida para aprender que não é assim que funciona, mas, temos outros lugares onde ir buscar amor e á falta dele há sempre colinhos de amores que a vida põe no nosso caminho!De uma forma ou de outra! Sei guardá-lo no coração quando vem de fora, sabe bem ver que o amor amizade se estende pelo mundo, nem que seja apenas através de palavras!
Um dia teremos o amor a bater por tantos lados que nem saberemos que fazer a tanto senão exclamar; que bom que o amor é assim, que bom posso senti-lo cá dento tão lindo assim!...
Tem um dia melhor do que os últimos dias, meses e daqui nada fará um ano que andas nessa luta diária a dar tudo de ti..Aquele abraço cheio de amor até dizeres ; chegaaaaaaaaaaaaaaaa.. da laura



 
Pitanguinha; a avó Laurinha está muito perto, é que quando a busco em profundidade, ela senta-se a meu lado, acolhe-me nos seus braçoa e diz; chora meu amor, as lágrimas são bálsamo par a dor.

Até esteve um dia mei tolo, ora chovia imenso, o caudal do rio engrossou tanto, mas, seja onde for, sinto-me segura porque os meus amigos do outro lado, estão comigo!... E dão a força no pensamento para que sinta que o amanhã será radioso!.

Tem um dia bom aí onde te encontras, um dia em que a felicidade te apanhe de surpresa..laura



 
Olá Nina,

Ainda não tive ocasião de ler o teu texto mas voltarei mais tarde para lê-lo com calma.
Claro que quando escrevi sobre o silêncio, não deixei de pensar numa amiga que viveu muito tempo no silêncio ! :)) E sortuda que és de poderes desligar de vez em quando o teu surfista e não ter que ouvir, às vezes, o ruído (brouhaha se diz em francês) que existe à nossa volta.

beijocas.

Até mais logo...quando, não sei porque vou ter visitas.

Verdinha


Beijocas



 
Verdinha querida, sei que sou sortuda nesse aspecto, tás a ver, são 10.04 e ainda nem o coloquei..andei a arrumar a louça da máquina, logo, é um barulho de tinir de loiças copos, talheres... depois arruma daqui arruma dali, corre corre,senta aqui, agora que a Neide já se levantou...vou colocá-lo para poder ouvir o som que mais gosto, a música...tão bom poder ouvir e desligar quando apetece... até a conduzir o faço embora nem deva, mas o som dos carros a passar ufa que seca... só que faço isso poucas vezes...
Beijinhoe boas visitas e muito amor, alegria e paz...laura



 
Flor de Linho
Como entendo bem essa saudade do colo da tua avó! Também tive uma, a única que conheci, que eu ainda hoje choro. Era o colo, as histórias, a mão dela no meu cabelo, a cerimónia de manhã e à noite, lhe pedir a benção, beijar a mão que me abençoava. E dormia feliz nos braços dela, até de manhã.
Amo os netos como amei os filhos. São todos a minha razão de viver, a minha alegria, a minha grande preocupação. Amo-os tanto, que dava a vida por eles.
Beijinhos e achei este post lindo.
Maria



 
Une ode pour vous grand mére,que por sinal mui linda!

Um domigo de paz,ternura e amizade,amada amiga!

viva la vida



 
A felicidade que me apanha de surpresa tá tão longe! A que tenho já é a costumeira, Laurinha, e divido-a contigo.

beijos em dia igual.



 
Laurita
Bonito desabafo. A avó Laurinha iria gostar. Infelizmente, quando nos damos conta de quem já não faz parte do mundo dos vivos, temos também a consciência de que não desfrutámos de tudo o que poderíamos usufruir.
Valha-nos a recordação dos que amámos.
Beijinhos Dolces!



 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.



 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.



 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.



 
MAAAAAUUUUUUUUUU...já começam os comentários eliminados!!!

É preciso Sheltox?Mata-se a bicharada de uma vez por todas...

Bem kida, eu só vinha cá dizer-te que...ERRASTEEEEEEEEEEE o desafio.

Beijinhos e um Feliz fim de dia

MUUUUUUUUUAAAAAAAAAAHHHHHHHH*******



 
Recordar é viver......e a saudade faz-nos por vezes felizes......muito felizes.

Beijokitas e bom domingo



 
Querida Laurinha,

Que bela declaração carinho e amor deixaste aqui para a tua avó !
Infelizmente, como a minha mãe era a 7ª de 8 filhos, não convivi muito com a minha avó materna que sempre conheci "velhinha" e frágil mas ela amava os seus filhos e netos (29) tinha um sorriso bondoso e lembro-me bem dele ! penso muitas vezes na minha avó materna Mamy e é assim que os meus filhos chamam a minha mãe e é assim que quero ser chamada (ver no poema que escrevi para a minha filha aqui).
A minha avó paterna não deu amor ao filho mais velho, meu pai, mas mimou o mais novo e também não nos deu a nós... No entanto tenho o nome dela...
Não conheci os meus avôs.

A tua avó deve estar a chorar de alegria, sim.

Beijinhos

Verdinha



 
Olá Querida Laura,
Já sentia saudades de você...
Gostei muito do texto, todo ele transmite amor e grande sensibilidade.
Que pena que certas pessoas já não estejam por cá, mas que enriquecimento tivemos em elas estarem na nossa vida!...
Beijinhos,
manuela



 
Obrigada Ricardinho, e para vc também, aquela paz e, não abuse, se vá tratando...laura



 
Maria, é bom termos as nossas avós e é bom que continuem a existir, embora não seja como antes, o amor está em cada um...Abençoadas as avózinhas que sabem amar os netos...Jinho meu..laura



 
Pitanta Pitanguinha...Obrigadinha, mas não entres em paranóia, a vida a cada instante se renova...os corações também..Beijinho da laura



 
Kim, só me afastei da avó laurinha quando fomos para Angola, passados anos viemos de graciosa, 6 meses, fiquei lá a maior parte do tempo, não queria sair dali, os tios, o avô manel a avó, claro, só tinham esta nina com eles e tanto amor só para mim..escrevi sempre de longe, mandei fotos e quando vim para cá foi uma alegria...ia lá muitas vezes sozinha com os miudos que adoravam lá estar, ela faleceu com 93 quase, fui para lá todos os dias, todos (1 h e 15, para lá da barragem da Venda Nova, durante quase um mês!... amo-a, continuo a amá-la e la também, nem duvido..o amor é assim...
Beijinho a ti, laura



 
Sol, SOL!... não é justo, bota lá o que é ai a menina, deixa o desafio sem resposta mas...errei mesmo, deixa-me ir á Maria evr...aquele abraço da laura



 
Parisiense, se faz, faz porque lembrá-la é amá-la..beijinhos. laura



 
É mesmo verdinha, há avós e avós e não é correcto ser assim, mas, cada um sabe de si e a justiça de Deus, tarda, ams não falha!... Beijinho da laura



 
Manuela Freitas, é evrdade, enqiquecemos, aprendemos e valorizamos aquele amor que recebemos em crianças, graças a elas... Beijinho meu..



 
Minha querida!
Como me sinto feliz por Deus me
ter dado o privilégio de ter teres cruzado no meu caminho, naquelas paragens ardentes, entre anharas e cubatas despidas de luxo, cheias de nada mas de tudo, onde havia amor, respeito e doçura para com o próximo, nosso irmão ou irmã.Aí te realizaste, aí te vi fazeres-te mulher, aí abriste teu olhar para o mundo transviado que lá ao longe parecia cintilar sem brilhar.
Os tempos passam, os dias rolam e hoje vejo-te, sinto-te, cada vez mais digna, mais terna, mais perfeita e sublime.Teus sentimentos são flores preciosas, diamantes, torneados pela mão do "SENHOR", que depois sabes oferecer debroados a ouro, ao teu amigo, ao teu familiar, ao teu próximo. Do meu coração, bem lá do fundo, com os olhos fechados, de mãos postas ao ALTO, no silêncio da noite, pedirei a Deus. "Que te abençoe, que te encha de graças, que te proteja e guie neste lugarejo, algures no Universo, já tão frio e ferido de amor.



 
Poxa, não tive o colinho de uma vozinha....qdo nasci elas já havia, se ido, mas espero recompensar isso qdo for avó.
Laura minha querida, que ao voltar ao teu ninho, ele esteja gostoso e quentinho.
Uma bela noite de domingo e uma semana de muitas realizações.



 
Xopita, sei que a esta hora já 'tás ferrada no teu soninho mas amanhã passa na nossa Maria que a resposta ao enigma está lá.A Verdinha ACERTOU!!!!!!!!!!!!!!!!Logo à primeirinha.Eu expliquei servindo-me de ti como exemplo ahahahahah...

Beijinhos e Nana Bem

MUUUUUUUUUUAAAAAAAAAAHHHHHHHH*******



 
maravilhoso esse amor que prevalece para sempre. Adorei. Espero é que as lágrimas deixem de rolar...



 
Oi Laurita_

Como é bom haver pessoas como você.

Neste mundo de traições e perversidades o seu espaço é um cantinho de ternura e amor

Que sigas sempre assim

Beijinho cheio de ternura



 
Meu querido Zé, amor da alma, amor dos anos sessentas, setentas oitentas até quase noventas, depois a vida trocou-nos as voltas e através da Dadinha querida, voltamos a ficar juntos e em breve estaremos ainda mais juntos, porque falar por aqui quando se deseja ver a pessoa junto de nós, é diferente! Sei que o teu amor nunca se perdeu por aí e continuas a ser aquele amigo de sempre...Como o tempo volta a juntar quem se ama, quem se sentiu feliz nos verdes anos da vida, os meus são ainda mais verdes que os teus, mas o amor é igual...
Não me bajules tanto, sou cheia de defeitos como todos, se assim não fosse não habitaria este mundo! ...
Aquele abraço desganar em paz, alegria e amor, da tua carocha



 
Felina mulher, na verdade há quase sempre quem possa substituir uma avózinha pois há muitos seios que têm amor para dar, há gent elinda e boa e uma tia por vezes faz as vezes de avó..depende né? Mas lhe desejo que quando seus netinhos vierem ao mundo, possa sentir a ternura que ela lhe daria se estivesse cá, acredite que ela lhe deu, apenas vc não a viu!...Os anjos são invisiveis prá gente! Mas, estão ao nosso lado..aquele abraço apertadinho da laura



 
Sol, Sol da minha vida, acredita que ainda penso que não é nada sogro ou sogra raios... eu até fui dar os parabéns á verdinha, podias fazer um post com essas adivinhas, imbróglios e tinhas um cadinho de riso com as nossas respostas tolas, por vezes...
Minha querida, deixo-te beijinhos e muito, muito amor..laura



 
Crystal amiga;

lágrimas de saudade não rolam
ficam a rolar dentro da alma
no mais profundo do ser
onde o amor está guardado
e onde ninguém as pode ver...

Aquele abraço apertadinho da, laura



 
betencourt...

Não te iludas, aqui até por trás da porta as perversidades acontecem...
Elas estão em todo o lado, chegam através de seres que pensam que o mundo lhes pertence!

Mas, eu sou cega, surda até já sou há muito, e, os cães ladram e a caravana passa!... contigo deve ser igual..quem fala de amor não é compreendido, entendido, mas...cada um é como é. beijinho da laura



 
Querida e adorável Laura

Parece que vc advinha!!!
A partir de hoje, a Laurinha, será a minha fada que me guiar´
a até ao meu amor perdido e que em breve sera reencontardo
Beijo doce para si



 
Qurida Laura, obrigada por suas palavras doces, seja sempre bem vinda em meu espaço, que tb é seu.

Eu fui criada por avós e sei como é esse carinho, agora eu crio um neta, minha Sara Perla,minha princesa, hum como é bom viver amando...
beijão



 
betencourt...seria um cego a guiar outro cego...ahhhh nos caminhos do amor, quem tiver um olho, é rei.
Tomara cada um encontrar os eu verdadeiroc aminho. digo-o eu e reetemno muitos..Abraço da laura



 
Valvesta; que bom que sabe o que é ser avó...deve ser um amor, ternura sem fim. Ainda não tenho netos nem filhos casados, mas um dia hei-de ser uma avó ternurenta, aposto que sim..Aquele abraço da laura



 
É sogro sim xopita. Está lá tudo bem explicadinho!

Bom, já que todos sabemos que és uma boa pessoa vamos lá a ver se a tua mente tem tedências criminosas,ok?Lá vai mais outro para vos pôr o cérebro a fumegar!!

************************************
Uma mulher morre.As duas filhas vão ao funeral.A filha mais velha vê no funeral da Mãe um rapaz Lindo porque quem ela se apaixona loucamente.O tempo passa e ela NUNCA MAIS vê o rapaz.Essa filha mais velha mata a irmã mais nova!Porquê?

Vamos lá a ver se tens mente crimonosa ou não, ahahahahahah...
VERDINHAAAAAAAAAAAAAAAA,toca a fumegar...Ui, até tremo só de pensar que alguma de voçês acerta!!!

Beijinhos MUUUUIIIIIIITOOOOOOOOOOSSSS



 
Sol, não acerto uma mas não vejo nada, a não ser que a irmã mata a mais nova porque ela gosta do marido dela e quer ficar com ele? ahhh só se for isso, arre, deixa ver outra resposta...

só isso, mata a irmã porque quer o rapaz que é marido da irmã! ou tens mais alguma na manga? verdinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa????
Olha que a Belga verdinha acertou na primeira no blogue da Maria e é desta que me leva a melhor, mas, juro que não entendo nadica...



 
A Verdinha é uma pacifica. Vai ter de novo o cérebro a fumegar...
Será porque o rapaz é coveiro ou trabalha numa agência de funerária e matar a irmã é a maneira de encontrar o rapaz ?

Beijinhos da ????? criminosa?????? Verdinha



 
Hablas qualquer idioma Laurita amada minha miga,pois a lingua dos anjos falas,a do amor sentido e vivido,a da vida ,entre estações e os que cercas ,com ternura e amor amizade!

Viva La Vida



 
CRUZES,CREDO,CANHOTO!!!!!!!!!!!!!!!!!

FUJAM da Verdinha, que ele tem mente CRIMINOOOOOOOOOOOOOOOOOOSAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!

Claro que ela matou a irmã porque era a única forma de voltar a ver o rapaz.Ele estaria no funeral da irmã tal como esteve no da Mãe!Não está especificado no enigma o que era ele.Só que o raciocínio da Verdinha está...CERTÍSSIIIIIIIIIIIIMMMMOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Esta questão põe-se sempre em psicologia criminal e devo dizer-vos que 90% dos criminosos a quem foi colocado o enigma acertaram na resposta.

Conselho:FUJAM DA VERDINHA,AAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!

Mais uma vez parabéns miúda.O teu cérebro deve estar mesmo a fumegar...

Beijinhos xopita e Verdinha e já agora para todinhos...



 
Cá vai mais um mas este para avaliar o vosso QI.NÃO VALE AJUDA,CERTO?
**************************************

Manda o dono do enigma que o pessoal tem exactamente 10 minutos para resolver a questão.Se dentro dos dez minutos acertarem, o vosso QI é de:150

**************************************
Eu,BURRAAAAAAA levei 2 minutos e meio, quando podia resolver o problema em segundos!Falta de atenção da minha parte!

Aí vai:
Se:2+3=10
Então:7+2=63
Se:6+5=66
Então:8+4=96
Logo:9+7 Será igual a?

NADA DE AJUDAS
TEMPO: 10 minutos

Beijinhos/Ponham o cérebro a fumegar...



 
Transportei para aqui o novo desafio da Soledade!... já que ia mudar o post anteontem, mas, havia desafio e hoje continua e assim, bora lá resolver, ai eu não vou nessa, mas deixa ver...



CRUZES,CREDO,CANHOTO!!!!!!!!!!!!!!!!!

FUJAM da Verdinha, que ele tem mente CRIMINOOOOOOOOOOOOOOOOOOSAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!

Claro que ela matou a irmã porque era a única forma de voltar a ver o rapaz.Ele estaria no funeral da irmã tal como esteve no da Mãe!Não está especificado no enigma o que era ele.Só que o raciocínio da Verdinha está...CERTÍSSIIIIIIIIIIIIMMMMOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Esta questão põe-se sempre em psicologia criminal e devo dizer-vos que 90% dos criminosos a quem foi colocado o enigma acertaram na resposta.

Conselho:FUJAM DA VERDINHA,AAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!

Mais uma vez parabéns miúda.O teu cérebro deve estar mesmo a fumegar...

Beijinhos xopita e Verdinha e já agora para todinhos...


Blogger Maria Soledade disse...

Cá vai mais um mas este para avaliar o vosso QI.NÃO VALE AJUDA,CERTO?
**************************************

Manda o dono do enigma que o pessoal tem exactamente 10 minutos para resolver a questão.Se dentro dos dez minutos acertarem, o vosso QI é de:150

**************************************
Eu,BURRAAAAAAA levei 2 minutos e meio, quando podia resolver o problema em segundos!Falta de atenção da minha parte!

Aí vai:
Se:2+3=10
Então:7+2=63
Se:6+5=66
Então:8+4=96
Logo:9+7 Será igual a?

NADA DE AJUDAS
TEMPO: 10 minutos

Beijinhos/Ponham o cérebro a fumegar...

01:33



 
Voltei para ler de novo este post! É lindo e exactamente o que sinto pelos meus que já partiram...

Beijinho, Laurinha



 
Querida dadinha, é assim que sinto a falta deles do avô Manuel e da avó laurinha, tanto, o avô também era querido, um protector um amigo, vaidoso da sua neta linda a mais bonita da terra dizia ele...e quando eu escrevia (de Luanda) mostrava as fotos aos amigos, vizinhos, ah que alegria a dele... Eu sei que amanhã estaremos juntos, por siso fica aquela terna saudade do reencontro, amanhã..
Beijinho da laura



 
Sou péssima em matemática mas estas contas sei fazer mas quem fez a enigma não sabe contar...
por mim 2+3=5 e não 10
7+2=9 e não 63

por isso continuando os disparates, vou dizer que 9+7=56, i.é. a minha idade !

Talvez seja CRIMINOSA - de vez em quanto mato formigas ou melgas - mas não se esquecem que sou LOIRA, por isto não podia de maneira nenhuma ser EINSTEIN.

Porque é que dizes "nada de ajuda", ninguém me ajudou e é por isso que o meu cérebro PIFOU...

Beijinhos

Verdinha



 
Enviar um comentário



<< Home