A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


quarta-feira, julho 04, 2007

 

Um bom aniversário, nem digo feliz!..




Querida Belinha, todos os aniversários deviam ser felizes, ao menos esse dia, mas já sei como te sentes últimamente... Além de já nem gostarmos de os festejar, sinal que avançamos cada vez mais depressa...
Ambas sabemos que a vida é assim, e que a dor está presente sempre, aliás, parece que a dor está a gostar de nos acompanhar nesta corrida chamada vida! Pois bem, façamos-lhe a vontade já que não pode ser de outra maneira!
Um beijinho enorme e um abraço muito apertado em nome da nossa velha amizade que já dura há 34 anos quase e que sabemos bem que manteremos até aos confins!
Fiz esta poesia em dor e confiando que o Maior e Mais Alto não nos desamparará.

Sou a tua semente Pai,
Foste Tu que deixaste
Que a semente germinasse,
No ventre de minha mãe.

Sou a tua semente
E quero ser sempre
Mais um dos teus ramos,
Que balouçam suavemente
E ninguém os pode quebrar.

Deixa que fique sempre
Presa à árvore sagrada,
Que possa beber da sua seiva
Ficar sempre em seus ramos,
E nunca me apartar de Ti.

Possa sempre ficar resguardada
Na tua sombra abençoada,
Possa ser sempre acompanhada
Por quem Te acompanha a Ti.

Possa minha vida rolar
Entre Teus ramos frondosos,
E possa sempre acompanhar
O desabrochar de todos.

Deixa Senhor que seja assim
O viver que ainda me resta,
E possa sempre ter-Te perto de mim…

Etiquetas:







Comments:
Gilinho
Laurinha, parabens a você por mais um belo trabalho e parabens a nina Belinha por mais um ano de vida, e que a saúde, o amor, a esperança, a confiança e o amor de Deus e de seus familiares, sejam sempre uma constante em sua vida.

Gilinho



 
Muitos e felizes momentos ao longo do dia de hoje!
Que nada, nem ninguém assombre ou ofusque a disposição que apesar de tudo consegues manter e já será um dia BOM.
1 Beijinho



 
ahahahahahah, há um diatado que diz..com papas e bolos se enganam os tolos! ahahaaahha
O que vale é que ainda consigo enganar até os mais cépticos!hahaahaah
Vou jantar fora e ao cinema porque não dá para mais, mas pelo menos durante esse tempinho vou fazer os possíveis por disfrutar o momento.
Que filme vou ver..sei lá!ahahahaaa, amanhã vos digo.



 
"com papas e bolos..." mto bem dezido, só faltou referires o conteúdo das garrafas que tão ali a encher o frigo eheheh



 
Afinal como é? Áqui tb há festa? Eu cá consigo desdobrar-me e papar as duas festas, mas não era melhor juntarem tudo numa FESTA só???
Vá, lá, laurinha ...
Trás aí os balões e a poesia linda e vamos cantarolando plo caminho até ao quintal da pascoalita que o pessoal vai juntar-se lá. Ou será ao contrário? eheheheh



 
não tarda nada ouço alguém dizer..é do vinho senhor é do vinho!São só duas garrafitas de branco!Mas como te faz mal..trouxe coca cola e sumo, não quero que me culpes de te estragar a dieta!



 
Se eu fosse o vento
Traria um beijo
E,neste momento
Cumpria o teu desejo



 
Meu querido Sandokan, alegraste meu dia por apareceres todo em traje à maneira. Alegra-te que os céus te alegrarão...
Obrigada pelos parabéns à beli...



 
Ganda festa aqui vai, laurinha :)
Parabéns a quem é peqeunina!!!

Ainda tens algo que se beba??? estou com a garganta seca de tanto ralhar lá no trabalho.
Vou ver se descanso que amanhã espera-me outra jornada igual.
Continuação ...



 
Olha filha, ainda temos uma pinga de verde geladinho que ficou do jantar. veio cá uma colega da neide jantar, é grega, fiz frango no forno saladas e baba de camelo, abrimos verde para nós 3, e ela adorou, assim se queres passo-te já o gargalo e bebes mesmo assim, vinho do porto do clarinho, bom, uns licores sul africanos, o que anina mandar ..tem às ordens...
Ralhar lá no trabaio e com quem?



 
Mais um bjito prá mnina Africana :)*
Champanhe?...Nada? ;(

Vou corrigir a Laurita, aconselhando a que ninguém embarque nos 'seus sofrimentos'.
A nossa mente leva-nos só até onde deixarmos que ela nos leve.



 
Para ti amiga Africana com muitos Parabéns e que contes muitos, este poema declamado por um amigo também ele africano.

(faz copy deste endereço, abre uma nova janela, coloca lá o endereço, minimiza o player e ouve o poema)

http://marius70.no.sapo.pt/Benguela.mp3

Benguela

Numa das longas conversas,
Que tive com minha Avó
Perguntei-lhe se conhecia Benguela.
A minha Avó respondeu-me:
Conhecer eu não conheço,
Mas já ouvi falar dela.
Perguntei-lhe, se conseguia,
Num mapa localizar.
Ou por seus olhos cansados
Ou porque o mapa era velho.
Precorreu-o de alto a baixo
Não conseguiu encontrar.
Para eu não ficar triste,
Pediu-me lápis de cor,
E em seu estilo Naiff,
Sobre uma folha branca,
Com o castanho fez vários riscos,
Com o vemelho fez bolinhas
Chamou-lhe Acácias em flor.
Dum lado e de outro de um morro,
Desenhou duas baías.
Que mais pareciam contorno,
De dois seios de mulata.
Com o azul pintou o mar,
Com o amarelo fez um sol,
A uma chamou-lhe Azul.
A outra chamou-lhe Farta.
Três praias mais desenhou,
A uma chamou Caota...
E Caotinha à mais pequena.
Mais ao lado, para mim,
A mais bonita...
Chamou-lhe praia Morena
Com o mesmo azul da praia,
Fez um rio.
A preto pintou um barco...
Com o amarelo bananas,
De resto tudo era verde...
Chamou-lhe rio Cavaco.

Segurou naquele desenho,
Como não sabia ao certo,
Em que lugar no mapa,
Deveria colocar!
Disse-me escuta meu neto.
Quando para o sul viajares
E chegares a uma cidade
Com praias maravilhosas,
Com acácias floridas,
E muitas mulheres bonitas,
Nas ruas ou à janela.
Pára...
Porque ou já é, ou estás perto
Dessa Cidade tão linda,
A que chamam de Benguela.

Olimpio C. Neves

Tdo de bom



 
Um olá...
Um adeus...
Um beijo perdido num campo de miosótis ressequido...



 
Olá Alkinha, é isso, mas a mim soa-me tal e qual a termos apenas pensamentos positivos... Eu bem os fazia, eu bem idealizava e pensava, assim remato com mais um que lá vou colocar agora...



 
Mário que poema lindo, lindo. Não conhecia, também não podemos conhecer tudo, mas que beleza de escrita, que forma de descrever isso tudo. Eu imprimia e punha num quadro na parede do meu trabalho. uau



 
Isto é o que da nao ter tempo para nada!Não tinha vindo aqui desde esse dia.
Obrigada Sandokan,senti uma brisazinha passar e tocar-me no rosto,era o teu beijo a chegar.

Olá Sr. Imperador!Já não o via a muito tempo!E chega em grande!
Obrigada por este poema ..esperem aí um pouqinho, estou a limpar uma lágrima no canto do olho..mas que lindo presente, lindo mesmo.Ergo a minha taça e digo OBRIGADA.



 
Nina beli então não diz nada do verso que fiz sobre a semente? o que achou? eu desculpo porque nem estás nos teus dias felizes e deram-te a volta à cabeça com tanta garrafa dança e cusquice ehhhhhh...



 
Bem ...
Só agorinha mesmo (são 23,48h do dia 6, exactamente 2 dias depois do aniversário da nina africana) calmamente em casa, consegui seguir as instruções do meu querido amigo marius e ouvir, ao memso tempo que lia este POEMA maravilhoso. É mesmo das coisas mais lindas que algum dia ouvi.
Obrigada, meu grande AMIGO, por este carinho à nossa Amiga Belinha
1 xi-coração a ti e que a vida te retribua o bem que fazes



 
Olha que inveja a minha por não saber tirá-lo dali, mesmo lendo as explicações, mas amanhã vou perder tempo com isso..e hei-de ouvir. Mas julgas que o nosso marius é um qualquer? não vês os talentos dele escondidos e aquela alma boa, não descortinas?...



 
Sim, sim, "talento escondido sob a armadura! Sei pq tenho olhos de diaba que vêem através da chapa eheheh



 
Ehhh ó cusca é mesmo cusca e então o que vês através da armadura? Um coração de cobre? ouro? e que mais faz? Importa é que o moço é bom rapaiz e mais nada!..ai a menina... Ou não me diga que já o conhece pessoalmente também?



 
Publicar um comentário



<< Home