A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


sábado, fevereiro 10, 2007

 

Para quem sofre!!!


.
Encontrei-te na rua hoje. Senti que estavas triste, tinhas olhos de chorar. Perguntei o porquê das lágrmas que teimavam em não querer saír. Abanaste a cabeça e encolheste os ombros enquanto dizias a sorrir... Não é nada laura. O pranto soltou-se ali mesmo no meio da rua, e deste vazão à tristeza que te ia na alma. É sempre a mesma coisa dizias. Fins de semana para mim são um horror, detesto estar só, e detesto quando encontro alguém, seja amigo ou conhecido que me diga às sextas feiras, bom fim de semana.. (eles nem imaginam os meus menos bons fins de semana..) Detesto laura, ó como detesto..detesto estar só, claro que o João está lá sempre a ver tv claro..até me pede um copo de àgua uma cerveja..tá cansado de trabalhar toda a semana numa empresa onde nem faz quase nada.... mas mais valia só, se me entendes...Os filhos abalam logo de manhã, e sinto-me só e pronto. e ali entre quatro paredes, sinto-me com vontade de saír dali e ir nem sei para onde.
Então dei-te o conselho que dou a mim própria quase todos os fins de semana (já reparaste que aqui também nos trucidam com os bons fins de semana que nos desejam, a nós que mal saímos de casa?)...
Se não podes sair, fecha os olhos, imagina a paisagem mais bela que possas ter dentro de ti.. (a minha é o mar, sempre o mar) relaxa, entra devagarinho nele, que nem está de ondas turbulentas..banha-te nele, aspira, aspira sempre.. Não sentes o cheiro da maresia? Bendito cheiro que entra por nós e nos faz sentir melhor.. Abandona-te a ele, que te leva em seus braços, a viajar, teu corpo não gela, ele não deixa...
Se queres ir para o campo, pois segue embrenha-te na floresta de verdes e mais verdes, recosta-te num velho carvalho, e sente a energia que dele emana, respira e inspira fundo, vais ver que daqui a nada te esqueceste porque estás ali.. Vai mais abaixo até ao rio, senta-te nas suas marges e conversa com ele, o sábio rio que muito ouve por onde passa, e não conta nada do que ouve....Diz-lhe das tuas lutas dos teus anseios, e escuta, escuta sim que ele responde-te.. Relaxa, passa pelas brasas e quando regressares a casa, terás vontade de fazer de tudo e sentirás teu corpo e tua alma banhadas da mais pura energia... Faz isso amiga, se não podes saír de casa, então tenta sonhar, e faz o teu sonho à tua maneira.... Para ti querida amiga, ou antes para todas as amigas que sofrem neste momento o estar em casa, as canseiras das lidas que durante a semana não podem fazer..enfim..dêm descanso à vassoura e companhia limitada..e recostem-se e sonhem..Quem sabe os dez anõezinhos da Tia verde àgua irão ajudar....





Comments:
Tramada a solidão, mais tramada ainda a solidão da companhia.

:|

beijoca



 
Gostei de ler. Um grande abraço e bom fim de semana.



 
Que nunca te falte essa Luz p'ra compartilhar com quem precisa...és sem dúvida uma criatura única, uma jóia rara...

Um abraço fraterno aqui do Sul do Sul do Brasil!



 
bom fim de semana.
é tempo de reflectir:
http://www.youtube.com/watch?v=Ja3OPdgy_5c



 
Olá!
Bom texto, Laura. Parabéns.
Bom fim-de-semana



 
Sim senhor! Sempre pronta a içar alguém pra cima.
Bem sabes que sou quase alérgica a fds. Relaxamos a mente, mas sobrecarregamos o físico um após outro, são todos iguais e isso é o bastante para sentirmos frustração e desânimo a todos os níveis.
Para complicar ainda mais, hoje estou com uma carraspana k apesar de esparramada no sofá, não tenho a menor vontade de sonhar :-(



 
Gosto muito da tua forma frontal, liberal e espontânea de encarares e narrares a vida.
É bom saber que a vida para ti não é supersticiosa e nem tem crendices.
És a liberdade na mais pura forma de expressão e sentir.
Adivinho que sejas muito leal, e muito amiga de quem é teu amigo.

Aguardarei novas narrações.

Um beijinho
do Pepe.



 
Ola´Pepe..
Sou muito frontal..Tento ser justa..e acho que sou uma boa amiga.. ahhhhhh..A pascoalita e a africana são minhas amigas de longe, a africana já a conheço há 34 anos e ainda falamos.. já vivemos muito próximas na África do sul e sempre falamos e nunca tivemos a mais pequenina discussão, fosse pelo que fosse, antes pelo contrário. Aqui agora separadas mas no nosso Portugal, falamos quase todos os dias na net claro..
Eu nem sei bem como sou..sou assim e pronto, da maneira que me acho melhor....Tento entender, compreender e não condenar...Claro que é dificíl..se é....Porque nem todos somos iguais..
Beijinho para si..



 
É..a minha amiga Laura,esses três palmos de gente,bem equipados, é isso tudo que aqui foi dito!O coração é o maior orgão que ela tem.Com um bocadinho de jeito vê-mo-lo ali mesmo à boca.Tem tanto de mexida como de refilona,ahahaha, renasce das cinzas a cada minuto e não deixa ninguém ficar no chão.UMA AMIGA SINCERA E VALIOSA.E já lá vão 34 anos...tantos??Heich!!Tamos a ficar velhas Laura!Vale-nos o nosso espírito jovem e combativo, senão..



 
#palmos de gente? Nossa, acho que sou bem maior que isso...eehehehehehh,
Mas se tu o dizes..
É verdade africana, 34 e ainda aqui andamos, me lembro de jovens lindas que eramos, magras, geitosonas, e agora vamos encolhendo, as rugas aparecem sem sabermos como, e bem que queriamos voltar atrás..mas o raio do tempo não perdoa mesmo....Que se lixe, a vida não é para viver toda deste lado..
Obrigada pela tua amizade, tão pura e bela, sempre me apoiaste quando precisei, nas horas más lá vens tu de farnel às costas por essas estradas fora, e apareces de surpresa, mas que belas surpresas já me fizeste mana querida... Eu também já apareci sem avisar e ainda me lembro da cara de parva que puseste quando me viste a aparecer na pastelaria seguida do teu amigo...e a tola da pascoalita que não me conhecia ficou igual enquanto balbuciava..mas, mas, esta não é a Laura???? e julgavam-me a milhas de distância, quando tinha acabdo de mandar um email uma horita antes ahhhhh, que pedi à filha que só enviasse naquela hora... Que bem me soube ir ter convosco.
Beijinhos pois e que a nossa amizade continue sempre até ao lado de lá....



 
e faltava eu para confirmar o já foi dito. Como se fosse necessário ...
e não digo mais nada pq tenho de ir apanhar um bus k não espera por mim eheheh
jinhos



 
Este comentário foi removido pelo autor.



 
Não sejamos smiticas, nina africa. Arredondas sempre por defeito. P'las minhas contas a laurita mede "4 palmos de gente mal medidos" eheheh
Ora não querem lá ver, a roubar tamanho à piquena e logo agora k ela até tem cescido tanto (prós lado, claro ehehehe)



 
Na verdade 4 palmos é exagero, mas muiés não se medem aos plamos ahhhhhh, e acho que já não arredondo tanto, mas...



 
Enviar um comentário



<< Home