A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


terça-feira, junho 30, 2009

 

Sinto que posso !...


Neste momento

Sinto que posso

Trepar todas as montanhas

Que o mundo tem

Sinto a força e a coragem

Para o fazer

Vinda dos mundos

D’além !...


Sinto que posso percorrê-las

Através da minha mente

E sem me cansar

Abrirei meus braços ao vento

E ficarei a flutuar

Quais asas de gaivota

A planar

No sopro do firmamento !...


Chegarei a qualquer lugar

Onde queira estar

Mesmo ao mais distante

Subirei ao topo dos montes

E alcançarei a tempo

As réstias de sol

Que existem

No mundo do pensamento!...


Sinto que posso tudo

Ao ver a força que atrai

Elevar-me no alto

Deixar-me no topo da montanha

Onde fico extasiada com a grandeza

Dos mundos

Do Ser que habita

Mais alto, mais além !...


Obrigada Pai

Obrigada Senhor

Pelos mundos

Que posso alcançar

Sem me perder

Sem me magoar

Sem sentir dor

E com a alma repleta de amor!...







Comments:
E sinto que a alma está mais leve! E sinto que boas novas vão chegar.
E sinto ainda que estás a escrever mais depressa do que eu consigo ler.
Ah "ganda" Dolce!
A miúda é mesmo selvagem!



 
Credo Kim, quem te ler...Na verdade tenho colocado post atrás de post, fico cheia deles e sigo em frente, ou o cmainho não é semrpe em frente?
Boas novas? Olha, quem sabe, ah mais alguém que me chamou há tempos, Grande laura!... tu chamas-me ganda dolce, que bom..há quem me saiba ver com olhos de ver...
Selvagem? ainda não sei gritar à jane, falta-me o meu Tarzan, ehhh, pró que me deu!...
Oxalá as boas novas sejam mesmo de encantar!...
Beijinhos meus..



 
Nina;
Lindo, divinal este teu poema...
Tu sentes que podes e nós temos a certeza que consegues, porque tu tens a força da fé, do poder e do querer e quando queres, podes e se podes, consegues,...

Tu, quando sais dos teus abismos temporais, rebentas como vulcão de paixões e debordas tuas larvas vulcânicas espalhando amor na natureza...

O Kim termina o comentário dizendo, e cito;
"...a miúda é mesmo selvagem,..."
e eu acrescento, que "esta Nina é filha da Selva onde nasceu numa noite de luar no centro de uma Mata Virgem..." e que veio para nos mostrar que a vida é o melhor que nos pode acontecer, quando a sabemos viver...

Bjs, Nina e até breve...
Osvaldo

Ps, estive a falar com o meu irmão André Moa e falei-lhe de ti e também ele está impaciente para te abraçar e se quiseres lhe enviar um mail, podes fazê-lo para o;

andremoa60@gmail.com



 
Osvaldo, ah, já devia estar na cama, mas, pus-me a escrever ao Moa, e, olha, depois ao Kim, e aqui estou a responder-te.
O Dr Firmino, meu amigo de alma, escreveu no prefácio de um dos meus livros que; sou um vulcão de lava incandescente, ehhhhhhh, parece que sempre sou algo parecido...
Quando estou bem, funciono a mil, se a tristeza faz em mim morada, ah, a coisa anda que nem caranguejo...de lado ou para trás... Mas a vida nems emrpe tem sido justa comigo, daí por vezes querer arrasar com tudo...só que mais cedo ou tarde, acalmo...e continuo a ser a nina das resteas...
Beijinhos a ti e à Ana. Vou fazer uma folha e colar na parede, para riscar os dias...

Disse ao Moa que estou a contar os dias para o abraçar, assim, que se cuide...senão boto-o abaixo...laura.



 
Nina, aqui vai...

diariodeumpacienteii.blogspot.com

Desculpa não escrever mais, estou indo para uma reunião de trabalho.

bjs
Osvaldo



 
Olá volcãozinha que brota os seus versos para a felicidade de todos !

Claro que podes ! Yes, you can !

Vá ver neste link :

http://www.cornetto.com/

Será o António ou será outro ainda. É que lançando os teus pedidos de amor para o ar desta maneira...resulta !

:-)

Beijinhos da

Verdinha



 
Verdinha, nem de propósito ehhhhh, tanto vulcão sem lava, por aqui, tanta laurinha que é mais carvão que outra coisa, ahhhh, só quem me levar nas asas do vento saberá o que práqui vai dentro desta alma... o resto é tudo imaginação!...
O meu amigo já me tinha dado o nome alternativo de vulcão e ainda por cima em erupção, ahhhh, ora pois, arrebento com qualquer um...desgaraçado do que me cair no goto e nas mãos! ahhh, jé nem sou eu a falar...é o vulcão...Não é verdade que quando chega a hora de isso acontecer, vai tudo montanha abaixo? Pois, então...
Força nina laurinha!...



 
Lindo, minha Flor de Linho.
Se logo melhorar, escrevo mais, sim? Agora não dá mais.
Beijinhos



 
Podes trepar as montanhas, olhar o mundo de frente, podes tudo como dizes, na força de ser insistente.

Abre os braços a ti e abraça-te no teu calor, carrega os sonhos nos dias que transformas em amor.

... o amor que tu és nina das résteas.

Bjinhos da tua girassol



 
E é tão bom passear pelas montanhas, perto das nuvens, olhando os vales, as árvores, os rios e as casas cá em baixo. Aí, sim, temos a noção da nossa própria pequenez... :)

Jinhos, nina!



 
Maria, foi algo que saiu anqueles tempos em que tentava esvoaça rpara fora da dor... Só podia ser nito..Beijinhos.
Logo vou ao teatro ver uma peça encenada por uma amiga e as actrizes também são minhas amigas, mas que bom..laura..



 
Ai minha querida besuguinha, se sou insistente..os anjos ainda me amandam um raspanete, volta e meia lá volto ao mesmo, os pensamentos positivos assolam-me por tudo quanto é cérebro...
Beijinhos minha querida, mas, só funciono assim. Sente-me a mil, sente-me à rédea solta..adorutuzinha. laura.



 
Tété, tudo isso esvoaçnado, que a pé cansa, ehhhhh, mas, é lindo sim e no momento em que escrevi o poema, andava a levitar por lá... só podia..beijinhos.



 
E eu sinto que tu podes, Laurinha, basta acreditares!

Beijo!



 
Rafeirito, podemos os dois, sinto que podemos...força, vrrrrruummmmmmm..beijinhos.



 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.



 
_________________________________

...quem ama verdadeiramente alcança os céus, sim!

Mas, você está muito inspirada, minha amiga!


Beijos de luz e o meu IMENSO carinho...

__________________________________



 
Mundo azul, a inspiração vem com o que sabemos... E, apesar de tudo, prefiro este estado ao outro que não escreve nada...embora seja um estado que nos leva a atravessar montanhas..Beijinhos e meu carinhoso abraço..laura.



 
Enviar um comentário



<< Home