A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


sábado, outubro 18, 2008

 

Shô candeeiro, sai pró largo!...




Bom mesmo é uma bagaceira, meia garrafa da dita e mel, pega-se o fogo e "arrebenta-se" com o fígado, mas trata-se qualquer gripe. Se abrirmos a boca e a voltarmos para o chão, conseguimos ver os vírus da gripe a cairem e a baterem com a cabeça no chão e ... vão-se. Mas só a partir de meia garrafa, porque em menor quntidade não dá para ver.

Pois muito obrigada pelas visitas, mas a melhor foi sem dúvida a do xistosa que insistiu que bebesse uns copitos, ou antes, nada mais nada menos que meia garrafita de bagaço... Como está li acima descrito, segui o tratamento à regra e cá ando eu plas ruas da amargura... sem saber por onde, já abracei candeeiros que tomei por antigos namorados, vá que estavam uns perto dos outros... foi um sem fim de abraços, também me meti nos carros que paravam pra ver s eprecisava de ajuda, mas quando viam o meu estado! Imaginenm pois...ruuuuua suuuuaaaaa..... enfim...
O pior foi o vomitanso depois de tomar um guronsan, apre, ali é que vi os tais a cair e a irem água abaixo pla pia, não soa bem dizer retrete, mas é por onde foram... e lá se foram os virulensos que se atreveram a meter aqui com a je... ontem tava de rastos sim senhora e hoje era a cabeça, mas desconfiei da comida e vai dai ataquei tudo com o milagroso guronsan, quero lá saber que digam que é a bebida dos alcoólicos, a cura pois, a seguir às asneiras que fizeram a beber... Já estou melhor e pronta pra outra, a gripe pode pouco comigo porque eu ainda sou mais chata que ela e chateio-a antes que ela me canse...
Claro que ontem só começou depois da uma ou das 13... e já tinha tudo aspiradinho, pó limpo como se já soubesse que ia entrar de férias de descanso... mesmo asism a filha lá fez a papa e vinha tão cansadinha que disse; que bom quando a mamã pode ter o jantar na mesa... ela só estrelou uns ovitos para os manos e todos na cozinha ajudaram-se... (na foto aqui ao lado é como fiquei depois dos copos e a foto acima é como era antes de me meter nos copázios!... Ai xistosa que me desencaminhaste!...)





Comments:
Eu não sabia que quando "encharcavas a vela" ficavas com umas pernas tão jeitosas! hehehe

beijos, boa noite e...

PITANGUEIRA CONVIDA! DOMINGO 19.



 
Laura

Folgo, mas recordo as fricções de tintura mostarda, um café quente, com bagaço e sumo de limão. Suava-se e a acordava-se curado.
Havia o dito, dava também certo: "sardinha salgada a sair da salgadeira, faz curar uma catarreira".
Beijinhos,
Daniel



 
Vou seguir a receita á letra, sem uma gota a menos..Isto porque resultou..Bem , não sei se te tirou a gripe, mas que te deixou elegante e de boa perna , ai isso deixou..E a diferença é abismal, tanto que eu própria já estou de garrafa em riste! O pormenor da pulseira na perna é também efeito da busana? ou isso é outra receita.. Até o gato amarelo está de bigodes a acenar de olhar prás tuas pernas e sobretudo para o ar descomposto em que ficaste.. Tenho de ter uma séria conversa com o Manel a ver o que ele fez(ou o que deixou por fazer) que te deixou neste estado.. Tenha modos menina..Gostei Laura.. E volto pra cama enquanto os meus virus não batem com a cabeça nas pedras da calçada.. Beijinhos, Ell



 
pitanguinha, o melhor é que já as tive e foram para quem nem as aproveitou...ehhh e sempre assim, quem as queria de verdade nem as teve, mas...e a vida..



 
ai daniel, eu ja suo para levar a vida e queres que sue para tirar a gripe, ela já se foi, tem medo da nina das resteas que enxota tudo o que não presta... Beijinhos.



 
nina ell, o seu viruzinho é apena sum cadinho d ameia leca que te pegou, uma gripe forte, deixa-te de cama e vive os dias sem ela que cansa tar na cama... ah e se tens um homi da farda como eu penso, sai por aí a pé e conversai que eu nem sei o que é isso, quase, quase que sei, mas sabe a pouco..deve ser por ser mouca ehhhhh....



 
nina ell hei-de postar aqui uma foto para veres as pernas e a cintura da nina nos tempos que já lá vão...bora procurar a foto nina laura que ja nem sei se tá na caixa se tá na gaveta....beijinhos.



 
Lauirinha, Antes de comentar o post, porque na hora do almoço não é conveniente fazer duas coisas ao mesmo, queria perguntar se se passa algo com o teu mail.
É que tudo me é devolvido. Estará cheio?



 
zé do cão! Nánaninaná... num tá cheio pois recebo emails a toa a hora, mas v despejar a caixa do lixo todinha agora memso, isto da net tem que s elhe diga...so nos enganam roubam pois pagamos o tempo em que nem net temos avarias deles avarias que não me deixam mandar emails para os amigos, apre...mas pagamos e nem podemos refilar, enfim, vou deitar o lixo fora, e tenta de novo... beijinho.



 
Ainda bem que já estás fixe e correste com a gripe pra milhas de distância ahahah

E ainda ficaste com um corpotito elegantérrimo! Acho que vou atacar no moscatel que o zezito me ofereceu ahahah



 
Se o moscatel fizesse os efeitos demonstrados aqui, tenho a impressão que até eu bebia uma garrafa só à minha conta.

Para o que lhe havia de dar à Laurinha, meter-se na copófonia.
Nã esqueças que no S. Marcos há ou havia uma enfermaria só para mulheres com cirróze, e não era de sumo de cenoura.
Beijocas



 
minha querida.
Há qualquer coisa com o teu mail.
Quis mandar mais e torna a não receber.



 
Ehhh poascoalita, o remédio do rapaz dos xistes até a dor do joelho levou! Caramba, o homem devia ser médico!... ahhhhh....



 
ó zé, já recebi um mail onde deixavas apenas beijitos!... eles chegaram..ora pois..já despejei o lixo todinho pra fazer a diferença a V. Exa..vá lá mand amais..ji.



 
Mas já mandei outro que veio para trás e outro e outro.

Pois agora não mando beijintos, mando Beijocas



 
Publicar um comentário



<< Home