A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


sexta-feira, novembro 02, 2007

 

Hei-de lembrar sempre...




A saudade que tenho daqueles momentos
Em que feliz, dancei nos teus braços
Em que senti a ternura que me davas
Quando dançando, me abraçavas.

Hei-de recordar-te sempre
Como uma das fases mais felizes da vida
Porque a ilusão vive sempre
Numa alma ferida.

Que será feito de ti?
Porque não voltaste?
Quem te afastou de mim?
A guerra?ou teve que ser assim?

Pensei sempre no teu regresso
Adorei aqueles momentos
Tão cheios de magia
Ah, se eu pudesse, o tempo pararia.

A vida foi decorrendo
Sonhei sempre encontrar-te algum dia
Quem sabe se nos encontrássemos
O sonho em realidade, se tornaria…

Foi escrito num dos muitos (mas é que agora estão a ser cada vez mais que muitos) momentos de saudade, de nostalgia do meu tempo que passou, e não mais voltou, ou sequer voltará, mas os pensamentos que dali emanam só me fazem bem, e ajudam a ir levando a vida...







Comments:
Ola...saltando de blog em blog...vum dar ao teu...recanto. Gostei da forma simpatica e suave como escreves....as fotos são lindas....

Beijo suave___maresia



 
Olá maresia, e logo maresia, que é um nome que tenho na alma, a minha maresia de Luanda...
Escrevo da forma que sei e sai e sinto... e se todos disséssem o que nos vai na alma seria lindo, mas, a maioria inibe-se e esconde tudo lá dentro e eu, devagarinho vou deitando para fora e dando a conhecer os meus poemas.
Não é preciso sentir para escrever, basta imaginar e deixar a pena correr..
Beijinho de maresia...



 
Olha, Laurinha, acho que é bom ter recordações, memórias de outros tempos que não voltam mais, mas também acho importante viver o presente o mais possível. Como se nem passado nem futuro existissem.

Claro que com isto não quero dizer deixar de lado trabalho que temos em mãos, ou gastar hoje todo o dinheiro do mês numa avaria qualquer. Mas sim aproveitar cada minutinho do dia como se fosse o último, deixando de lado coisas inúteis ou preocupações mesquinhas...

Tem um dia BOM!



 
Ah minha querida tété, quando chegares à minha idade já podes ver do que falo, assim és mais novinha e não dá...

Eu nem dispendo tempo nem energias em coisas inuteis, aliás mal penso em coisas que não prestam que já sei o que os maus pensamentos fazem, mas por mais que pense nos bons, eles ficam ali quietinhos à espera de aparecer...
É apenas uma poesia que saiu quando teve de ser, e como elas tenho muitas mais, conforme o estado de espírito...
Beijinho a ti.



 
tété, viver o presente o mais possivel? quem me dera que o presente desaparecesse e no seu lugar ficasse um novo presente...quem dera sim...



 
Olá Laura.
Porque não tentas encontrá-lo?
Acho que serias mais feliz...

Uma grande beijoca.
Aproveita bem o fds enquanto há SOL!!!!



 
Ó minha gatinha, a vida não é assim tão simples, de maneira nenhuma. Tu ainda és novinha e tens a vida à tua frente, mas...oxalá quando fores da minha idade ainda sejas muito feliz. nem todos vieram para ser felizes, e por mais que se faça...estamos sempre no mesmo lugar.

Isto foi apenas mais um dos meus desabafos, e já foi escrito há tempos. O mundo é enorme e onde estarão os meus amores todos, os que passaram pela minha vida? ehhhhh, vou soltando meus ais e lá irei arribando. obrigada pela sugestão, amanhã vamos ver Teatro de jovens, adoro e a filha também vai e as minhas amigas também, e assim, esqueço as dores de dentro.
Beijinho a ti e abraço sem fim...
E a vida nem sempre nos deixa tomar as opções que queremos, porque tudo está sujeito a determinadas coisas que só depois de cumpridas, se pode seguir caminho...
Quando os anos passarem por ti, vais dar-me razão, agora talvez não...



 
Ó miuda..vê se te animas..vejo-te muito em baixo..e deixa lá o passado, isso é coisa de velhos e tu não és tão velha assim, não querem lá ver!!Quando se está triste há uma certa tentação de pensar no passado etc etc,e isso não é saudável..respira fundo e deixa lá o passado sossegado..mesmo que o presente não seja tão bom como queriamos..não olhes para trás, não te ajuda em nada.E não me venhas dizer que é só um poema...



 
Ehhh africana, é que é e foi só um poema escrito em tempos idos ehhhhhh, mas que lata a tua, o passado ajuda-me a enfrentar o futuro, ora essa...Beijos ó garota de terras africanas...



 
o passado ajuda-te a ir em frente??Pois eu fico tão nostalgica que nem me mexo, fico ali a pesnar..pensar..!hihihih



 
Publicar um comentário



<< Home