A minha Poesia em pps
Formatado por Zélia Nicolodi, Vitor Campos e Estrelinha d'Alva
(clicar na Imagem)

















Quero Alguém


O meu tecer de Esperanças!...


Já escalei a minha montanha!...


Amar-te-ei Sempre!...


Não te vás nunca!...


Não foi o ocaso


sábado, julho 31, 2010

 

O meu primeiro quadro a acrílico !... em 28 de Setembro de 2008


Já o tinha apresentado em 2008, Setembro. Para quem não sabe, é de um lugar onde me perdi na serra D'arga quando fui deixar uma amiga em Vila Nova de Cerveira e regressei a casa. Mas perdi-me, perdi-me simplesmente porque entrei ao lado do rio e andei horas por ali a suspirar para estar em cima do monte, e andava cá em baixo junto ao rio... num estado entre sonâmbula ou algo parecido! levei 4 horas a chegar a casa, de um local onde hora e meia era mais que suficiente!...

Deparei-me com um local parecido com esse, serviu-me de memória, memória que me mostrava o lugar tal e qual como o vi entre assombrada por tanta beleza, apenas as flores eram plantas aquáticas tudo em verde e o dia estava entre uma névoa suave... digamos que quase chovia era tipo cacimbo para quem já esteve em África! não havia sol.

Como nunca aprendi pintura, a água que cai em cascata no local era mais baixinha, mas a beleza do lugar era irreal.
Voltei lá com as minhas amigas meses mais tarde e por três vezes em dias diferentes para verem que não exagerava no que dizia pela beleza do lugar...

Mas o tal do lugar a tal da beleza sem par não aparece simplesmente! Percorremos tudo entre montes e rios e até hoje apenas perdemos horas e horas em busca desse local que me foi dado ver na sua magnitude estonteante, apenas num pequeno trecho que as afastava do rio que corria célere por ali! diziam as minhas amigas; laurinha, das duas uma, ou foi uma visão que teve, ou não somos dignas de ver tanta beleza!...

Esteve até agora pendurado na sala sem moldura! Hoje resolvi pegar nele, foi a primeira vez que voltei a sair de casa a pé e com o sol a bater forte, desde que tive aquela crise há semanas... Escolhi a moldura que vêem, resolvi que chegou a hora de lhe dar o mérito que merecia, uma moldura que o fizesse sobressair! não escolhi o mais barato, apenas o que gostei mais! acho que posso dar-me ao luxo, pelo menos desta vez!
A senhora da casa, uma simpatia, diga-se, ajudou na escolha e penso que foi uma escolha feliz!

(tela a acrilico 42x30 fotos de laura)






sexta-feira, julho 30, 2010

 

Água !...



Água, magia, força, sabedoria.


Água _________ correndo no rio

_________ entre margens e leitos

de pedras feitos _____ sem atrás voltar.



Água ___ que corre em murmúrios

galgando montanhas____ escorregadias

recomeçando ____ todos ____ os dias.



Água ________ doce companheira

que nos segue na jornada ___ sem ela

______ não há vida ___ não há nada.



Água ______ descendo a corrente

saltando entre flores e seixos_____

serpenteando ____ entre baldios.



Foi para isso_________ que veio

abrir caminhos____ seguir em frente

buscando __ enfim __ alcançar o poente!



Água, fonte divina da eterna sabedoria! Não bebo a minha primeira água do dia sem a agradecer! Por vezes levo um copo de água para a cama, às vezes acordo e bebo de noite, outras nem isso, não saio dali sem pegar no copo e agradecer ao Senhor do Universo! Porque ela trás a saúde, a cura e a sabedoria!

Tenham um belo fim de semana e quando passarem por um regato, um ribeiro pensem na magia que é a água na nossa vida!

laura









quarta-feira, julho 28, 2010

 

Sonho castelos no ar!...




________ Do sonho___ ergo

meu castelo ____ no ar.



________________ Intemporal

ninguém o irá ___ derrubar …



De alicerces profundos

não desabará __________...



Abrigará _________ minh’alma

vagabunda de amor _______...



Cansada de retornar _______

ao mundo dos sonhos ...



Anseio o meu castelo ____ saber

que viveremos a nossa história.



________Voltaremos a repetir

mais um ciclo __________



Repetindo erros ___________

atrasando vivências _______.



Sonhando castelos

em sonhos antigos__________ !











terça-feira, julho 27, 2010

 

Tudo tem retorno!


A Banda dos sonhos dela em jovem... dizia que um dia nem que tivesse de viajar até aos EUA, ia ver os Hanson...

O guitarrista, foi ela que tirou a foto ... e que sorriso lindo ele lhe deu ... é o mais velho dos irmãos

ali vai ao lado dela, ela adorava o taylor mas as fotos ainda não as mandaram, assim, ficam estas, e digam lá se a minha nina não está feliz? se não merece o que está a colher? na foto abaixo está ao lado do Taylor (tshirt às riscas)o rapazinho que fazia bater o coraçãozinho dela aos 13 anos..e do outro lado à direita, o mais novo... ah felicidade estampada no olhar...

Solidariedade, amor, partilha, olhar para o vizinho, colega ou amigo que não está nos seus melhores dias, é algo que sempre fiz, mas faço-o tão convicta do bem, que não penso em mais nada! Não espero retorno, antes pelo contrário! Não me importa que amanhã me dêem na cabeça, me deitem à cara o que dei de boa vontade, me machuquem, digam tudo ao contrário, ponham palavras que não são minhas na minha boca, não me importa absolutamente nada! Fiz, está feito e se o fiz pelo bem, o bem e a verdade irão prevalecer!

Sempre soubemos olhar ao redor, pois passamos por tempos menos bons, e é essa a verdadeira aprendizagem da vida! A vida é a melhor escola e só chumba quem não conseguiu ver para lá do coração!

Hoje falo da Neide, que sabia olhar à sua volta, já na Universidade mandava-me sms ou mails... mommy, posso levar uma amiga a jantar connosco? Amigas de fora que vinham estagiar, trabalhar e não estavam ainda instaladas ou os euritos não abundavam... Claro que sim filha, o que queres que faça? ela escolhia e até ia comprar coisas para haver melhor petisco!
Perdi a conta às amigas que vieram, às que passaram a Consoada connosco, ó mommy tadinhas estão sozinhas... dormiam no quarto dela e tudo bem...quando se iam levavam teperwares com carne que sobrou, com rissóis, bolo, o que fosse, minha nossa, até levei pratos, copos, talheres para a residência Universitária, panos de cozinha além de géneros, ora pois e lá ia eu carregar com tudo... minha alma sentia-se feliz por poder dar esses pequenos jeitinhos mas que lhes deviam saber pela vida! Eram da Grécia, da Irlanda, Roménia, de todo o lado... jamais pensei que o faria para que amanhã se fizesse falta, recebesse de volta..

Bom, a Neide está em N. York há dois meses. Tem-se divertido, viajado já assistiu a mais de nem sei quantos Concertos e conheceu gente interessante de toda a parte do mundo.

Sábado foi para Boston ao programa do Jimmy Fallon, foram escolhidas só algumas entre centenas, ela, claro. Ficou atrás dos músicos a banda dos sonhos dela, os Hanson são 3 irmãos, ela adorava-os, em jovenzinha era cartazes no quarto, o Nuno a pintar dentes e óculos neles e ela zangada por o irmão fazer isso, uma risota é o que era...
Esteve com eles, falaram um pedaço e mandou as fotos agora, faltam muitas mas só as enviam daqui a dias, ali vai ela com o mais velho do grupo não me lembro do nome dele, e ali estão eles no programa...

Isto nada tem a ver com o que comecei a escrever, mas sim que, ela foi encontrar-se com uma amiga que dos tempos de menina lhe enviava pelo correio posters da banda dos sonhos delas, fazia parte do clube da fans etc etc. que não a deixou ir para casa de madrugada, de Boston são 4 horas de autocarro, queria que ela dormisse em casa das tias dela, e, daqui agradeço veementemente do fundo da alma às tias que talvez nunca encontre na vida, mas que fizeram meus olhos embaciar-se quando ela me contou há pouco que adorou estar em casa das tias, pareciam família que lhe vieram as lágrimas aos olhos por se sentir querida por elas, e quando foi para casa, encheram teperwares de carne, comidinha boa, bolos, e muito muito amor!...Ora digam lá se há ou não o retorno daquilo que damos com a alma?
Não adianta fingir que se dá com alma, se dentro de si nada sente, então nem vale a pena.. o amor tem de estar presente!...






domingo, julho 25, 2010

 

Avionetas, por-de-sol único! Praia ...


Ontem tivemos uma tarde de maravilha, o grupo das ninas de Braga, fomos para o B. Jesus ainda nem eram 16 h. depois de um gelado espaçoso (espaçoso, note-se) na esplanada, de assistir a um voo rasante de um doido que subia até à loucura num modelo parecido com esse acima... descia que quase nos caía em cima, fez-me levantar do lugar para voltar a recordar que andei numas acrobacias parecidas mas não tão arriscadas, em Serpa Pinto numa avioneta dos Sul Africanos (Exército) o Nick piloto, bem tentava que me agarrasse a ele, mas, agarrei-me a mim ehhhhhh...

Amei assistir, arrepiei-me e andou ali sempre por cima mais de 20 minutos, isto é que foi andar de cabeça no ar.
Dali a nada fomos para o Sameiro para onde gosto de ir sentar na escadaria e dar à taramela. Só quase pelas 21.30 fomos para casa da Sãozita papar uma ceia digna de Reis (ou não seja eu a princesinha do GT...) Camarão, queijos de várias qualidades, incluindo o fetta que adoro com ervas, pão com nozes e passas, sumo cá para a je que elas ferraram na cervejita e eu com comprimidos ainda não devo atirar-me ao alcool e vai daí! minha nossa, como querem que emagreça? e só lá quase pelas 23 voltamos para casa.

A Sãozita ainda me desafiou para a praia mas eu achava que era cedo para sair tanto tempo e com calor devido à minha crise última que me deixou mais morta que viva... Levei guarda sol e toalha que nem usamos pois na hora que chegamos já nem valia a pena... deu para andar no paredão e bronzear... foi nesta praia da Póvoa que andamos horas...

Os meus Amigos (aqueles a quem peço e pelo qual muito me gozam..os Anjos ou como queiram chamá-los!) arranjaram logo parque de graça... o tempo que quisemos e pertinho do restaurante onde fomos almoçar. O restaurante tinha gente à espera, junto das mesas para se sentarem mal as pessoas saíssem, alguém saiu, sentamo-nos debaixo do guarda sol, que bué de bom... não esperamos nada, só pela comida... maravilha a ver o mar, a brisa a acenar, mas que bem se estava ali... Tomamos cáfe e andor...

Quando saímos dali depois de passar Vila do Conde, aparecem motas da Policia, xi, que aparato, uma duas , seis, oito, já devia ir na dúzia e com um som... digo eu; deve ser o Sócrates que vem aqui a banhos! nada disso, corridas de bicicleta e com aquele calor só um doido participava, enfim, quando o policia nos mandou ficar paradas mais de 15 minutos...mau maria, mas lá vêm centenas deles de todas as cores!

Fomos por ali fora, sempre a rir com cenas que viamos pela rua, como um cavalo lindo a comer erva no lameiro e dizia; vende-se cavalo, e digo eu para a São, coitado, oxalá não passe de cavalo p'ra burro... pode ser que o novo dono não tenha um pasto assim e ficar confinado nalgum estábulo...

Aterramos em Esposende bem juntinho do mar onde tantos ninos e ninas andavam a praticar Kit-surf que lindooooooo, fomos papar mais um geladito para matar a sede, sentamos no relvado em frente ao mar e ficamos ali horas na treta e a ver o pessoal a surfar... a brisa macia convidava a um descanso, serenidade, paz... chegamos há pouco. Braga tinha estado envolta numa fonte de calor que nem sei, e nós arejamos no fresquinho da brisa! Também há dias felizes ...






sexta-feira, julho 23, 2010

 

Lá vais mais um... uma aurora boreal... a óleo


As minhas mãos abriram sulcos
deleitei-me com os tons
verdejantes ______
olhei o céu ____ cintilante


Deixei _____
o meu olhar vaguear
por onde mora o amor
___ deixei-me ____ AMAR...

óleo sobre tela de 100x80
autora lauravieira. (Fotos de laura)







quinta-feira, julho 22, 2010

 

Um dia!...


Um dia, hei-de oferecer-te palavras. Um dia quando o vento mudar e por mim chamar, ouvirás o meu sussurrar!


Um dia _______ hei-de oferecer-te
palavras ______ …


Palavras ________ murmuradas
em silêncios _____ …


Escritas __________ nas
folhas ____ que o tempo levou!


Tempo ___ ___ perdido ___
entre sonhos ___ por viver…


A tão pouco ______ aspiras
tão pouco há em ti para oferecer.


Que direi das palavras que me dizes
se nunca as consegui __ entender.


Um dia ______ hei-de oferecer-te
palavras ______ …


Palavras ___ que gritei ao vento
num ________ juramento … /…


E o vento há-de trazer o sonho …
__________ no seu momento!







quarta-feira, julho 21, 2010

 

Quem diz que a ajuda não chega na hora certa?


Há pessoas que só vemos de longe a longe, fizeram parte de um dia ou apenas momentos nas nossas vidas, encontrando-as, parece que sempre estiveram ali, já que nunca as esquecemos.

Hoje saí, fui vadiar tinha de ir à consulta, alarguei a vadiação pelas minhas Avenidas (de carro que a pé é muito... :) e quando fui ter com a minha amiga a D. Dores encontrei o vizinho dela, raramente vejo o senhor, mas não esqueço que um dia quando lá fui, ainda os miúdos eram putos, ia sozinha, e nem sei porque cargas de água aconteceu, o raio do pneu furou... ainda tinha o meu primeiro Citroen o ZX Aura que um dos mecânicos amigos acrescentou um L e ficou o ZX Laura.

Olho em redor e não se via viva alma, a minha amiga não estava e, comecei a tirar o macaco, já era a segunda vez que me acontecia em anos e anos... só queria ter força para desapertar aquelas porcas (não é assim que se chamam aquelas rosquinhas que seguram o pneu? já estava tudo cá fora, o pneu para mudar, o macaco a começar a ser içado pelo meu pé... chega o vizinho dela; então minha senhora teve furo? pois foi.. pois foi (ah que esperançada!) deixe que eu faço isso, é rápido ... Ai, mas que bom que apareceu na horinha certa, já ia começar mas não sei se conseguiria acabar...
palavrinha vai, palavrinha vem... Já está, ele próprio arrumou tudo na caixa e recomendou... Não esqueça de tratar do pneu para que não aconteça de novo e se apanhe sem outro para mudar...

Já agora, quanto lhe devo? ... Foi um trabalho e o senhor era humilde, querido. Pelo amor de Deus minha senhora. Vá com Deus não me deve nada! Não senhora, insisti e abri a carteira nem me deu tempo...Foi-se...
Ao outro dia voltei lá, bati na porta dele, é uma casinha térrea, ele veio, estendi-lhe o embrulho, uma garrafa de bom Wisky,que pedi ao manel! ah, que brilhozinho nos olhos dele ao preparar-se para saborear o dito...

Hoje passei lá ele estava a manobrar o carro para sair, eu ia a arrancar, já estávamos ambos de braço estendido numa saudação amiga, carinhosa... e nos seus olhos e nos meus, a felicidade por um momento amigo, um momento de lembranças de há muito!
Quem diz que a tal da ajuda não chega no momento certo?






terça-feira, julho 20, 2010

 

Hoje é dia de Parabéns! Maria Besuga...



Gostei tanto desta casinha que a aluguei...

No jardim as mesas estão postas para receber os convidados...

Para a minha querida Besuguinha!

Afastada da net, dos blogues pois a vida precisa de atenção e o trabalho é mais que muito...
Estava tão ansiosa por lhe dar os parabéns que os mandei há dois dias... e como nunca é demais repetir, aqui fica minha querida Besuguinha, aquele apertadinho abraço e que contes muitos, tantos que eu possa conta-los também, mesmo de longe! e como o longe se faz perto quando a gente quer... prepara-te para que o perto aconteça em breve... quem sabe no caminho para aqui ou ali, quem sabe...Apetece festa convivo entre amigos, num lugar especial, cansei de Restaurantes e festas barulhentas... Adoro o convivo entre os amigos que se amam e respeitam, aqueles amigos que sempre estarão no nosso coração...
E tchim tchim minha querida... e um dia celebraremos com o verdadeiro champanhe e ouviremos o tinir das flutes de cristal!

Passa um dia feliz!